São Vicente: Projecto CONCHA apresentado hoje no Mindelo

Mindelo, 08 Fev (Inforpress) – O projecto CONCHA que visa desenvolver conhecimentos históricos e patrimoniais no domínio da investigação, salvaguarda e valorização do legado cultural nacional vai ser apresentado hoje, no Mindelo, no Campus do Mar da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV).

Esta divulgação em São Vicente representa a terceira missão do CONCHA em Cabo Verde e vai ser feita por uma equipa composta pelo presidente do Instituto do Património Cultural (IPC), Hamilton Fernandes, que representa o país no projecto, e pelo director do Centro de Humanidades (CHAM) da Universidade Nova de Lisboa, João Paulo Oliveira e Costa.

CONCHA é um projecto da Cátedra da Unesco “Património Cultural dos oceanos”, financiado pela União Europeia, e que visa essencialmente desenvolver conhecimentos históricos e patrimoniais no domínio da investigação, salvaguarda e valorização do legado cultural nacional.

Apesar de pertencer à Cátedra dos Oceanos, CONCHA projecta a valorização de várias áreas e partindo da arqueologia, segundo informações avançadas pelo IPC, faz o mapeamento e interpretação de sítios arqueológicos e potencia-os para o turismo, valorização e enriquecimento dos museus, cruzando informações da terra, do mar, biologia marinha, património material e imaterial.

Cabo Verde acolhe, desde Janeiro, a terceira missão do projecto com prospecções arqueológicas na Cidade Velha, Naufrágio de São Francisco, arqueologia terrestre na Igreja de Nossa Senhora do Rosário e Rua da Banana na Cidade Velha (Ribeira Grande de Santiago) e trabalhos nos museus.

Nesta missão a São Vicente, que tem a duração de dois dias, além de outros encontros e visitas de trabalho, realiza-se, no Campus do Mar da Uni-CV, no Mindelo, a apresentação do projecto e seus resultados e ainda a divulgação da Cátedra da Unesco.

Durante o evento, que acontece no final da tarde de hoje, está programada ainda a assinatura de um convénio entre o IPC e o CHAM.

Cabo Verde, através do IPC integra o projeto CONCHA juntamente com a Universidade Pablo de Olavide, Old Dominion University ( OMA), Observatório do Mar dos Açores, Trinity College Dublin Global, Associação para as Ciências do Mar, Universidade do Norte; Mar, Ambiente e Pesca Artesanal, Universidade Federal de Sergipe e Eveha International.

LN/ZS

Inforpress/Fim