São Miguel: Câmara Municipal inaugura obras de requalificação urbana e ambiental de Achada Pizarra e Espinho Branco

Calheta, 23 Dez (Inforpress) – A Câmara Municipal de São Miguel inaugurou no sábado as obras de requalificação urbana de Espinho Branco e Achada Pizarra, localidade que ganhou também uma praça, um projecto que visa garantir a melhoria de condições e qualidade dos bairros.

Estes actos de inauguração contaram com a presença da ministra das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva, do ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, do edil de São Miguel, Herménio Fernandes, membros da comunidade e entre várias outras pessoas.

Na ocasião, Herménio Fernandes considerou que, à semelhança das outras obras e infra-estruturas inauguradas anteriormente, a de Achada Pizarra também vai ter “impacto na melhoria” de acessibilidade, limpeza e saúde pública e qualidade de vida para as pessoas deste bairro.

Segundo o edil, há bem pouco tempo este lugar era uma ribeira e quando chovia era um “problema” para os moradores do bairro e, por isso além, de melhorar a acessibilidade fizeram um trabalho de futuro garantindo a drenagem de água.

Adiantou que para a concretização deste projecto tiveram uma grande parceria de modo a ter um bairro com mais dignidade, que vai valorizar o comércio e as casas.

“Nosso compromisso com todos os munícipes junto com o Governo de Cabo Verde é levar as infra-estruturas para todos os bairros da cidade, para criar condições para terem melhor qualidade de vida”, enfatizou.

Aproveitando a ocasião apelou a todos os moradores deste bairro para cooperarem e colaborarem com pinturas das suas casas e para mantê-las limpas, porque estas fazem grande “diferença” no embelezamento da cidade e, também, porque esta infra-estrutura merece ser valorizada.

Por sua vez, a ministra das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva, asseverou que, neste momento, são quatro projectos que estão a ser fechados com a câmara de São Miguel, acrescentando ainda que há mais projectos que estão a ser trabalhados pela equipa do ministério e da câmara.

A orla marítima, segundo a ministra, é um dos projectos que está em desenvolvimento para a sua implementação e vai ser descontinuada, dando a cada um destes bairros (Calheta, Veneza e Ponta Verde) a sua orla marítima, porque justificou que o Plano Director Municipal(PDM) quer que em cada uma das comunidades seja preservada a sua singularidade.

A mesma fonte revelou ainda que São Miguel vai receber um montante de 60 mil contos para a reabilitação das casas e este recurso vai ser aplicado através da câmara mediante um contrato programa.

Por sua vez, o ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, disse que é uma opção “importante” para o desenvolvimento e que envolve uma parceria muito forte entre o Governo e os municípios.

Conforme o ministro, vai ser feito um curral para a melhoria da saúde pública, porque não é bom o convívio de pessoas com esses animais e este convívio naturalmente coloca em risco a saúde pública e não deixa a qualidade de vida melhorar.

Os moradores mostram-se satisfeitos pelo facto das sua zonas, Achada Pizarra e Espinho Branco, estarem a ser requalificadas e pedem a todos para preservarem a rua para que continue “sempre no seu bom estado”.

A Requalificação Urbana da localidade de Achada Pizarra, no município de São Miguel, é mais uma obra que conta com o financiamento do Governo, através do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA), um investimento superior a 7 mil contos. E a requalificação de Espinho Branco contou com o financiamento do Fundo do Ambiente, cujas obras foram orçadas em 14 mil contos.

CL/ZS

Inforpress/fim