Santo Antão: Corpo do pescador Flávio Gomes do Tarrafal de Monte Trigo já foi encontrado (ACTUALIZADA)

Santo Antão, 08 Fev (Inforpress) – O corpo do pescador Flávio Almeida Gomes, desaparecido no mar esta quinta-feira, no Tarrafal de Monte Trigo, já foi encontrado, mas continua no mar à espera das autoridades competentes para o levantamento do cadáver.

O delegado marítimo em Santo Antão, António Fonseca Santos, disse à Inforpress que Flávio Gomes, de 28 anos de idade, tinha o hábito de pescar num lajedo na localidade de Ribeirinha de Moreno, imediações das antigas instalações do PAPASA.

Segundo António Santos, o pescador foi para o mar por volta das 09:00 da manhã de quinta-feira e terá sido arrastado por uma onda nessa tarde, já que foi visto e fotografado por turistas que passaram no local por volta das 16:00 e o corpo foi recuperado por volta das 06:00 da manhã de hoje.

O delegado marítimo disse que veio a apurar, posteriormente, junto de fonte familiar, que o falecido pescador sofria de epilepsia, pelo que não põe de parte a possibilidade de Flávio Almeida ter sido traído por uma vaga ou de ter sofrido um ataque epiléptico na sequência do qual se terá afogado”.

(NOVA VERSÃO QUE SUBSTITUI NA ÍNTEGRA O QUARTO PARÁGRAFO)

HF/ZS

Inforpress/Fim