Santo Antão: Agricultores muito satisfeitos com o nível e o rigor da fiscalização na produção do grogue – Jorge Santos (c/áudio)

Porto Novo, 22 Fev (Inforpress) – O presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, disse à Inforpress que os agricultores de Santo Antão estão “muito satisfeitos com o nível e o rigor da fiscalização” da produção do grogue.

Num contacto telefónico, Jorge Santos disse ter tido a “oportunidade de notar a qualidade da produção do grogue, sobretudo na Ribeira da Cruz”, adiantando que esta “começa a ser uma realidade em toda a ilha”, citando os exemplos do vale da Garça, do vale de João Afonso, entre outros.

“Em toda a ilha de Santo Antão começa a despertar o sentido pela qualidade na produção do grogue”, disse Jorge Santos, assumindo que isso acontece “num ambiente de fiscalização rigorosa” que se alia à aposta na qualidade do produto por parte dos agricultores.

O presidente do Parlamento cabo-verdiano considera que esse “é o caminho para a valorização daquele que é o produto que representa 82 por cento (%) do cultivo da ilha de Santo Antão”.

Jorge Santos disse ter constatado que os agricultores de Ribeira da Cruz fazem uma aposta forte na qualidade do grogue como forma de “defender uma marca de uma região demarcada” e, adianta Santos, “querem impor um selo de qualidade para o produto”.

Entretanto, a Associação dos Municípios de Santo Antão (AMSA), realiza hoje, na cidade da Ribeira Grande, um fórum sobre “produção e valorização do grogue”.

Um documento divulgado pela AMSA, a que a Inforpress teve acesso, indica que o ano de 2018 “foi especialmente marcante para a fiscalização do Grogue a nível nacional” e, em particular em Santo Antão, na medida em que as acções foram desenvolvidas em todo o território regional, e em todas as fases, desde a sua produção, controlo a nível do transporte e análises laboratoriais “com resultados bastante satisfatórios”.

O fórum sobre “produção e valorização do grogue” surge de uma parceria entre a AMSA, a IGAE e a Região Sanitária de Santo Antão.

HF/ZS

Inforpress/Fim