Santa Cruz: Ilha de Santiago tem todas as condições para vir a ser um maior destino turístico de Cabo Verde – Responsável

Pedra Badejo, 08 Jan (Inforpress)- O presidente da Associação do Turismo de Santiago (ATS), Eugénio Inocêncio, afirmou hoje que a ilha Santiago tem todas as condições para vir a ser um maior destino turístico de Cabo Verde, pela quantidade de turistas e em termos de qualidade para o destino turístico.

O responsável fez estas declarações durante a visita do primeiro-ministro, iniciada hoje e que dura uma semana, num périplo que levará Ulisses Correia e Silva a todos os municípios da região Santiago Norte, a convite da Associação do Turismo de Santiago.

Na opinião de Eugénio Inocêncio, se forem construídas as infra-estruturas áreas e marítimas, que fazem ligação com outras ilhas, nomeadamente a do Maio, poder-se-á estar perante a “construção de um dos maiores destinos turísticos”, em termos de “qualidade” e de diferenciação de oferta, de todo o Oceano Atlântico.

Sublinhou que para que isso efective, deve-se melhorar e requalificar a ligação aérea e marítima entre a Cidade da Praia e Ilha do Maio e São Filipe do Fogo e ligação marítima entre Pedra Badejo e ilha do Maio e entre Ribeira da Barca e Mosteiros.

Eugénio Inocêncio salientou que ao longo do tempo de vida da ATS eles vêm trabalhando numa perspectiva de convergência de programas de intervenção nesta ilha, nomeadamente o programa de requalificação urbana em curso em todos os municípios e o programa de fomento empresarial que sem este, ajuntou, corre-se o risco de defraudar as expectativas.

Reforça que com isso, estará a se fazer o que se defende, ou seja, praticar um turismo sustentável e inclusivo que beneficia todas as pessoas, municípios, ribeiras, cidades e aldeias de Santiago, o que, segundo está plenamente ao alcance do governo e que significa a qualificação do turismo.

Segundo a mesma fonte,a ATS concebe o turismo inclusivo através da criação de uma rede de projectos integrados que se chama de projecto-piloto, identificado pelas câmaras em todos os municípios, pelo menos um projecto-piloto por município e nos maiores, dois projectos.

Descreve que esses projectos-pilotos são constituídos em torno de uma empresa moderna, com um conjunto de empreendimentos familiares e ligados a uma rede.

O presidente da Associação do Turismo de Santiago, na sua intervenção, sugeriu ao primeiro-ministro uma ronda de visitas aos municípios de Santiago Sul completando assim o círculo de visitas pela ilha de Santiago.

CL/JMV

Inforpress/ Fim