Retrospectiva/ São Lourenço dos Órgãos: Reabilitação da zona de Laje e construção da estrada mercado – Pico de Antónia marcam o ano

João Teves, 31 Nov (Inforpress) – A reabilitação da zona de Laje e a construção da estrada que liga o mercado a pico de Antónia, em São Lourenço dos Órgãos, garantindo melhoria de condições e desencravamento, são acções implementadas pela câmara que marcam o ano 2018.

A estrada que liga Mercado dos Órgãos ao Pico de António/Padjom, no interior da ilha de Santiago, numa extensão de quatro quilómetros, que em períodos de cheias ficava completamente isolada, este ano a sua melhoria foi uma realidade.

O acesso ao Pico de António, que antes era muito difícil, em 2018 ficou com melhores condições para circulação rodoviária, o que facilita o acesso ao Centro de Saúde e Escolas.

O caminho, que era difícil de se transitar, tornou-se mas fácil, facilitando a vida das pessoas, com o desencravamento da estrada que liga o Mercado dos Órgãos ao Pico de António/Padjom, deixando as pessoas motivadas e com iniciativas que visem criar emprego e rendimento.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de São Lourenço dos Órgãos, Carlos Vasconcelos, esta estrada, para além de traduzir em “vantagem para o desenvolvimento” da Economia Social e local, também significa “respeito” que o Governo e a Câmara têm para com essa comunidade.

Também a Câmara Municipal de São Lourenço dos Órgãos concretizou as obras de requalificação urbana de Laje, um projecto que visa garantir melhoria de condições e qualidade do município.

Segundo o edil, trata-se de uma obra que fazia muita falta à comunidade, lembrando que antes, nas épocas das chuvas, os populares passavam imensas dificuldades, daí a importância que os trabalhos de melhoramentos introduzidos têm para o município e para a comunidade de Laje.

Para o edil, este projecto foi feito para valorizar e dar “mais dignidade” à comunidade de Laje, acrescentando que este programa não vai só beneficiar as pessoas desta comunidade, mas também de todo o município de São Lourenço dos Órgãos.

Na inauguração, o vice-primeiro ministro, Olavo Correia, destacou o “potencial ambiental magnífico” que deve ser cuidado para que todas as pessoas possam gostar e que, por isso, “é muito importante” cuidar dos feitos, de modo a fazer deste concelho um grande centro turístico.

CL/JMV

Inforpress/Fim