Praia: Comunidade de São Francisco ganha estrada calcetada e praça em Portete

Cidade da Praia, 15 Dez (Inforpress) – A Câmara Municipal da Praia inaugurou hoje obras de calcetamento e urbanização de várias ruas na localidade de São Francisco e uma Praça na zona de Portete, numa cerimónia presidida pelo ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva.

Em declarações aos jornalistas, Gilberto Silva explicou que se está perante um sítio que foi requalificado do ponto de vista ambiental dentro de um programa de mitigação da seca de 2017/2018.

Segundo disse, as obras custaram cerca de 13 mil contos e ainda geraram postos de emprego na comunidade de São Francisco, mitigando a situação das famílias agrícolas.

“Nós estamos aqui em São Francisco onde as pessoas se dedicam bastante à pecuária e, portanto, com a situação da seca no ano passado, houve esta boa cooperação com a Câmara Municipal da Praia e conseguimos, de facto, realizar este projecto. Estamos aqui bastantes satisfeitos e parabenizamos a Câmara Municipal pelo bom trabalho que aqui realizou, em prol da melhoria das condições de vida da população”, disse.

Por seu turno, o presidente da Câmara Municipal da Praia disse que a obra é “importante”, porque, além de contribuir para a mitigação do mau ano agrícola, deu emprego a muitas pessoas e “mudou muito a localidade de Portete e, também, São Francisco”.

“Toda esta obra custou cerca de 13 mil contos. Esta localidade ganhou agora uma praça em condições, muito bonita, as pessoas quando chegam cá poderão ver que, de facto, São Francisco faz parte da Praia, assim como Prainha, Achada de Santo António, Palmarejo…”, acrescentou.

Óscar Santos disse ainda que estas obras representam uma primeira etapa de um conjunto de intervenções que deverão ser feitas em São Francisco.

“A população de Portete precisa, talvez, de Internet para estarem conectada com o mundo, mais espaços para os jovens e um campo de futebol que será feito antes do final do mandato”, ajuntou.

“Ainda há muito para ser feito”, disse o autarca avançando que a câmara está a pensar, ainda no decurso de 2019, “arrancar com força” algumas obras na parte norte, este e oeste da cidade, nomeadamente São Paulo, Ponta D’Água, São Filipe e Calabaceira, que também precisam de intervenções como as que foram feitas em Portete.

GSF/CP

Inforpress/Fim