Novo director do IILP espera ajuda da presidência de Cabo Verde na CPLP

Cidade da Praia, 11 Jan (Inforpress) – O novo director executivo do Instituto Internacional da Língua Portuguesa disse hoje, na Cidade da Praia, que espera da ajuda cabo-verdiana na presidência da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) na implementação dos projectos da instituição.

”A equipa que estou a trabalhar é uma e isso vai facilitar as nossas tarefas e ainda contamos com a abertura de Cabo Verde”, disse Incanha Intumbo, à saída de um encontro com o ministro dos Negócios dos Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares.

Adiantou que neste momento está na fase de conhecimento de dossiês, que servirão para a identificação das actividades e dos meios para a tomada de decisões adequadas para a execução das actividades.

Por sua vez, Luís Filipe Tavares sublinhou que há “disponibilidade total” do Governo cabo-verdiano para ajudar na implementação do programa de actividades e das novas ideias do novo director executivo do IILP.

“Juntos conseguiremos fazer muito, não só para a CPLP, mas também para Cabo Verde porque a sede do IILP está Cabo Verde e queremos o apoio dessa instituição na materialização de um conjunto de medidas e políticas que o Governo que implementar no âmbito do reforço da língua portuguesa”, esclareceu o ministro.

Incanha Intumbo sucede a Professora Doutora Marisa Guião de Mendonça, nomeada na cimeira da CPLP, em 2014, em Díli, e reconduzida para o segundo mandato na XI Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, que decorreu nos dias 31 de Outubro e 01 de Novembro de 2016, em Brasília.

O IILP é a instituição da CPLP que tem como objectivos a planificação e execução de programas de promoção, defesa, enriquecimento e difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e o de utilização em fora internacionais.

OM/CP

Inforpress/Fim