Maio: Ministro da Agricultura garante que a ilha vai aumentar parcelas irrigadas com a entrada em funcionamento dos furos equipados recentemente

Porto Inglês, 07 Fev (Inforpress) – O ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, disse hoje, durante a visita que efectuou aos criadores de gado e agricultores, que com a entrada em funcionamento dos furos já equipados, vai se aumentadas as parcelas irrigadas.

Segundo o ministro, com entrada em funcionamento dos quatros furos já equipados e prontos para abastecerem os agricultores beneficiários do programa POSER e do Programa de Emergência para Mitigação da Seca e Mau Ano Agrícola (PEMSMAA) 2017/2018, os agricultores da ilha vão contar ainda com o apoio em assistência técnica e do sistema de irrigação.

Conforme adiantou aquele governante, estes projecto vão beneficiar um total de 65 famílias do meio rural da ilha, pelo que aproveitou a ocasião para exortar os beneficiados no sentido de se organizarem em pequenas cooperativas agrícolas e optarem por práticas mais resilientes, repto que, afiançou, foi inicialmente aceite por esse homens do campo.

Gilberto Silva avançou ainda que o governo vai investir na dessalinização das águas salobras para posterior disponibilização aos agricultores, chamando, porém, a atenção dos mesmos para assumirem “práticas mais rentáveis”.

“Aqui no Maio, temos alguns pontos que já têm uma quantidade de água salobra e que não já não são considerados apropriados para a agricultura. Então, este tipo de actuação vai facilitar mais a produção. Claro está, este processo está associado à poupança de água, através da utilização do sistema de gota-a-gota.

No que tange à criação de gado, Gilberto Silva voltou apelou aos criadores para que façam uma criação com menor número de efectivo de gado e que seja mais rentável.

Durante o encontro, o ministro da tutela de Agricultura e Ambiente prometeu o apoio do executivo no lançamento das sementes, visando o aumento da produção de pastos, mas aconselhou à união de todos para “melhorarmos as nossas vidas agora”, sem esquecer, porém, de criar condições para “que a próxima geração venha encontrar um país mais resiliente”.

Gilberto Silva informou que o Governo está a investir um total de 15 mil contos na ilha, de forma a criar postos de trabalho em diversos povoados, no quadro da criação e geração de trabalhos públicos, em parceria com o poder central e o poder local.

O dia de hoje ficou completo com o lançamento da primeira pedra do projecto de requalificação urbana no povoado de Cascabulho e para amanhã está agendada uma visita à localidade de Pedro Vaz, ao perímetro florestal do centro zootécnico, à Vila da Calheta e à cidade do Porto Inglês.

WN/JMV

Inforpress/Fim