Governo e universidade pública devem assinar contrato-programa nos próximos meses – responsável (c/áudio)

Cidade da Praia, 18 Jan (Inforpress) –   O Governo vai assinar, nos próximos meses, um contrato-programa com a Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) para regular o relacionamento entre o Estado e a universidade, disse hoje à Inforpress o director do Ensino Superior.

Segundo Aquilino Varela,  o contrato-programa já está elaborado e na fase de recolha de subsídios junto da universidade pública, para que nos próximos meses possam rubricar este contrato previsto no Regime Jurídico das Instituições do ensino superior.

O contrato-programa, com uma vigência de quatro anos, vai permitir ter um alinhamento daquilo que são os objectivos da universidade, que é a formação, investigação e extensão, com o caminho que o País está a trilhar para o desenvolvimento, segundo a mesma fonte.

Conforme referiu, o País “não pode caminhar no seu desenvolvimento num sentido e a universidade pública estar num outro sentido”, a fazer a sua formação e investigação, por isso “é necessário convergir” esses objectivos com “o foco do desenvolvimento do País”.

“É preciso conhecer dados e informações genéricas relativamente à própria universidade pública e depois instituir um normalizador de todo o relacionado”, precisou e, assim, “convergir os interesses” do Estado, no desenvolvimento do País, com os da própria universidade pública.

Com este documento, indicou, o Estado pode, a dada altura, requerer a universidade que aposte em determinadas áreas de investigação, que ministre determinados cursos tendo em conta o seu objectivo traçado para o desenvolvimento.

AM/AA

Inforpress/Fim