Governo anuncia investimento de cerca de um milhão de contos na formação superior

Cidade da Praia, 27 Jul (Inforpress) – O Governo vai investir cerca de um milhão de contos na formação superior, no quadro do próximo Orçamento do Estado, visando dotar os jovens de “maiores competências” para o mercado de trabalho.

O anúncio foi feito hoje pelo presidente do Movimento para a Democracia (MpD, no poder) e também primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva,   no discurso de encerramento da II edição da Universidade de Verão, que decorreu durante três dias na Cidade Velha, sob o lema “Formar para consolidar”, dirigido a cerca de 50 jovens de todas as ilhas do arquipélago.

Ulisses Correia e Silva comunicou ainda a alteração de conteúdos e reformas para se conseguir um ensino superior “de qualidade”, que forme “jovens empreendedores e preparado para o mundo global”.

No ensino secundário, anunciou a introdução da vertente técnica e profissional como o objectivo, conforme conjecturou Ulisses Correia e Silva, para dar várias alternativas aos jovens, principalmente para aqueles que não conseguirem transitar para o ensino superior, e terem uma saída profissionalizante para o mercado de trabalho.

“No Orçamento do Estado do próximo ano cinco mil jovens vão estar com disponibilidade de formação profissional e mais cinco mil para estágios profissionais cujo programa já existe”, anunciou Correia e Silva, considerando que através desses dois instrumentos vai-se aumentar a capacidade dos jovens integrarem no mercado de trabalho e serem empreendedores.

Acrescentou ainda o reforço do empreendedorismo jovem do seu ecossistema do financiamento para avançar com os projectos e proporcionar a melhoria do ambiente de negócios.

“Não estamos a espera apenas que a economia cresça (…) as medidas que nós indicamos aqui são para, de uma forma pro-activa, direccionar políticas para que os jovens possam ter competências, habilidades e possibilidades de integrar no mercado de trabalho ou serem empreendedores”, sublinhou.

Durante três dias, a Juventude do MpD discutiu temas como a economia cabo-verdiana, a questão do género, o financiamento para o desenvolvimento baseado em inovações tecnológicas e activos digitais e os jovens nas redes sociais.

Entre os oradores constaram Hélio Sanches, deputado da Nação pelo MpD em Santiago Norte, e junto do Parlamento Pan-Africano, os ministros Fernando Elísio Freire e Júlio Herbert, o presidente da Câmara Municipal do Sal, Júlio Lopes, os antigos deputados Humberto Cardoso e Filomena Delgado, o economista Gilson Pina e o administrador da Bolsa de Valores, Isidoro Gomes, entre outros.

OM/AA

Inforpress/Fim