Doze mortos e 43 feridos em colapso de edifício na Nigéria

Lagos, Nigéria, 13 Mar (Inforpress) – Pelo menos 12 pessoas morreram e 43 ficaram feridas na sequência do colapso, hoje, de um edifício em Lagos, Nigéria, segundo fonte da equipa de resgate, em declarações ao canal de televisão nigeriano TVC News.

De acordo com a mesma fonte, no local, pelo menos 15 pessoas foram já retiradas dos escombros, entre as quais um professor, vários residentes e algumas crianças.

O edifício de três andares desabou às 10:00 locais (08:00 em Cabo Verde), num momento em que decorriam actividades num infantário e numa escola primária, que funcionavam no terceiro piso da construção.

O prédio inseria-se numa zona populacional de Lagos e albergava ainda um centro de reabilitação e uma mercearia.

Ao jornal económico nigeriano Business Day, o responsável do gabinete de relações públicas da Agência de Controlo de Edifícios do Estado (LABCA, na sigla inglesa), Gbade Tola, referiu que o edifício tinha sido sinalizado para demolição em 2018.

“O edifício já estava afectado em 2018 e nós marcámo-lo [para demolição] em 2018. Evacuámos o edifício, mas, infelizmente, eles [os ocupantes] acabaram por regressar”, disse.

Não é conhecido o número oficial de pessoas no interior do edifício aquando do seu desabamento, mas estima-se que mais de cem crianças frequentassem a escola.

Em 2016, mais de cem pessoas morreram quando o telhado de uma igreja em Uyo, no sul do país, cedeu.

Este desabamento surge depois da eleição, este mês, do Presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, para um segundo mandato, no qual prometeu melhorar as infra-estruturas do país.

Angop/Inforpress

Fim