CPLP: Segurança alimentar mobilidade e transportes dominam trabalhos da Comissão permanente de economia ambiente e cooperação

Cidade da Praia, 10 Jan (Inforpress) – Segurança alimentar, mobilidade e transportes são os temas que dominam os trabalhos da Comissão Permanente da Economia, Ambiente e Cooperação, a decorrer na Praia, no âmbito da VIII Assembleia Parlamentar da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

A reunião iniciou-se na manhã desta quinta-feira com a escolha de Portugal para presidir à comissão substituindo Moçambique que agora passa para vice-presidência do grupo, que terá como secretário permanente São Tomé e Príncipe.

Os trabalhos estão a ser conduzidos pelo deputado português Luís Testa que adiantou que todos estão “muito focados e empenhados” no sucesso dos mesmos e no aumento da qualidade de vida das populações.

“Sabemos que o sucesso dos nossos trabalhos é fundamental para o aumento da qualidade de vida das populações. É isso que de mais importante existe na política, ou seja, que os nossos trabalhos se traduzam na melhoria das perspectivas de vida de cada um dos cidadãos dos países da CPLP”, disse.

Antes de participar na abertura da sessão da Assembleia Parlamentar os deputados estiveram a abordar o tema da segurança alimentar que, conforme o presidente da comissão, Luís Testa, apresenta-se como umas das “grandes preocupações” dessa comissão da Assembleia Parlamentar da CPLP.

“A segurança alimentar é um tema trazido muito vezes para o trabalho da comissão como uma das grandes preocupações, isto é, a forma como se garante o alimento em suficiência e com qualidade suficiente à população e aos povos dos países da CPLP, portanto é um tema muito denso, muito vasto e muito trabalhoso”, disse.

Luís Testa perspectiva que no final do encontro poderão sair propostas no sentido de garantir que todos os cidadãos dos países que integram a CPLP possam ter alimento em quantidade e qualidade suficientes.

Durante a reunião que será retomada logo após à abertura da sessão da Assembleia Parlamentar, os deputados da Comissão Permanente de Economia, Ambiente e Cooperação vão também debruçar sobre temas relacionados com a mobilidade, energia, transportes e trocas comerciais com o objectivo de também produzir propostas para serem analisadas durante a sessão parlamentar.

MJB/ZS

Inforpress/fim