Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e Rubéola prevê vacinar 45 mil crianças

O objectivo fundamental, segundo o ministro Fernando Elísio Freire é fazer com que Cabo Verde seja um país cada vez mais saudável e inclusivo e, por isso. apelamos a todas às famílias, os jardins infantis, os municípios e as entidades públicas e privadas a se envolverem no sentido de conseguir esse grande designo nacional que é de vacinar todas as crianças para que possam construir um futuro saudável.

A abertura oficial da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo e a rubéola iniciou hoje, no campo da Adega, em Achada Grande Trás.

Desde 1997 que não se regista nenhum caso de sarampo em Cabo Verde.

Cabo Verde está a fazer um trabalho “muito consistente” para a “eliminação total” do sarampo e da rubéola.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo e a rubéola decorre de hoje ao dia 13 e a meta é eliminar o sarampo e a rubéola até 2020.