“Camões Crioulo e a História das Ilhas” é o novo livro de Mana Guta

Cidade da Praia, 13 Mar (Inforpress) – A escritora Mana Guta e a ilustradora Jija Teixeira apresentam sexta-feira, na Biblioteca Nacional, Cidade da Praia, o livro de contos infanto-juvenis intitulado “Camões Crioulo e a História das Ilhas”.

O livro, uma edição da Editora Casa e Verbo, reúne 13 contos e presta homenagem a diversas personalidades, histórias e regiões de Cabo Verde.

A apresentação da obra, que conta com a coordenação de Adelino Correia, designe gráfico e paginação de Célia Brás e impressão de Bao Sheng, vai estar a cargo de Carlos Alberto Sousa, “Princezito”, e da professora Heldigarda Brito.

A autora da obra adiantou à Inforpress, que o livro conta a história de descobrimento de algumas ilhas de Cabo Verde com referência a nome de lugares e personalidades e escritores que em cada ilha.

Tem como personagem principal o Camões Crioulo que é “rapazinho” que de menino ouvia histórias e tornando-se adulto resolveu ser um contador de contos.

“Camões está ligado ao livro “Outras Pasárgadas de mim” onde ele tinha uma irmã que lhe contava histórias”, explicou Mana Guta.

Para além de Camões Crioulo, o livro tem como personagens Codê, que viaja com seus amigos Pitxula, Lacinho, André e Moisés, e suas primas Matilde e Rosa, pela história das Ilhas.

Membro da Associação de Estudos Linguísticos (de carácter internacional) da Sociedade Cabo-verdiana de Autores e da Associação de Escritores de Cabo Verde, Maria Augusta Teixeira, “Mana Guta” ganhou, em 2015, o Prémio Lusófono de Literatura Infanto-Juvenil e Menção Honrosa do Prémio Matilde Rosa Araújo.

Autora da obra “Outras Pasárgadas de Mim”, “Camões Crioulo”, “Nhu Mar”, “O Senhor Araújo”, e “Dá-me de Beber”, Mana Guta foi a vencedora do Prémio Nacional de Inclusão, na vertente literatura em 2012.

OM/CP

Inforpress/Fim