Câmara Municipal da Praia recebe viaturas para melhorar a recolha de resíduos sólidos na capital

Cidade da Praia, 04 Jan (Inforpress) – A Câmara Municipal da Praia (CMP) recebeu hoje cinco viaturas, com capacidade de recolha e tratamento de resíduos sólidos, financiados pelo Fundo do Ambiente, para a melhorar a qualidade do serviço na capital.

Durante a cerimónia de entrega das viaturas, o ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, explicou que o financiamento enquadra-se no contracto existente entre o Governo e a CMP, realçando que a edilidade tem “gerido bem” os recursos postos à disposição, para melhoria de vida dos munícipes.

“Esta aquisição está também a criar, verdadeiramente, as condições para o início da exploração do aterro sanitário na ilha de Santiago e a desactivação gradual do vazadouro municipal na Cidade da Praia”, explicou.

No que tange ao serviço de recolha de resíduos sólidos, o governante assumiu “avanços no sistema”, considerando “fundamental consolidar” para “não haver recuos”, devendo ainda haver a continuação da estruturação do Praia Ambiente e o reforço das condições para a “exploração sustentável” do aterro sanitário, “como modelo de gestão para todas as ilhas”.

Por outro lado, lembrou a importância da contribuição dos cidadãos para garantir uma cidade limpa, com o pagamento da taxa de resíduos sólidos, sendo que há um a estratégia já definida para essa questão.

O presidente da Câmara Municipal da Praia, Óscar Santos , também apelou à participação de todos, anunciando que a edilidade terá em 2019 um novo programa para recolha de resíduos, com calendário definido, uma forma de garantir a sustentabilidade do serviço e uma cidade mais limpa.

“Peço às famílias que dêem sua contribuição, evitando colocar lixos nas calçadas, visto que a câmara tem um horário de recolha. É um trabalho conjunto, nós fazemos a recolha, mas as pessoas precisam evitar colocação de bolsas de lixo na rua, porque muitas vezes são cães vadios e pessoas que dão muito mais trabalho para a CMP, quando o lixo é deixado na rua”, revelou.

Óscar Santos congratulou-se também com as viaturas que “irão reforçar” a recolha de resíduos sólidos, afirmando tratar-se de um “investimento enorme” para a capital, que tem vindo a aumentar a bom ritmo.

A Câmara da Praia recebeu dois camiões compactadores de resíduos sólidos urbanos, um camião basculante de transporte de resíduos, uma máquina retroescavadora para limpeza mecanizada e uma máquina babocat para apoio no vazadouro municipal, todos contabilizando um montante de 50.995.000.00ECV.

HR/JMV

Inforpress/Fim