Cabo Verde participa na 5ª reunião regional dos países africanos para protecção do património cultural subaquático

Cidade da Praia, 22 Jan (Inforpress) – Cabo Verde participa na 5ª reunião regional dos países africanos para protecção do património cultural subaquático, que acontece de hoje até quinta-feira, no Senegal.

A reunião organizada pelo Ministério da Cultura do Senegal, acontece na ilha de Gorée, e para além de Cabo Verde estará presente países como Benim, Guiné-Conacri, Namibe, Côte d´Ivoire, Nigéria, Gâmbia, Senegal, Guiné-Bissau e Togo.

Cabo Verde, que formalizou a ratificação da Convenção de 2001 no passado dia 17 de Dezembro de 2018, estará representado pelo coordenador da Direcção dos Monumentos e Sítios do Instituto do Património Cultural, Jaylson Monteiro.

Durante este evento, segundo uma nota de imprensa, Jaylson Monteiro irá apresentar uma comunicação referente à implementação do Projecto CONCHA em Cabo Verde.

Esta reunião regional pretende promover uma melhor compreensão sobre as questões que envolvem a Convecção de 2011 e, portanto, o interesse estratégico da África para sua ratificação.

Visa ainda estabelecer medidas de protecção a curto prazo, considerando mecanismos para a protecção do património subaquático locais, reflectir sobre o estabelecimento de um quadro de formação de recursos humanos qualificado para a gestão do património cultural subaquático através da cooperação com a rede UNITWIN em arqueologia subaquática e outros parceiros.

Outro objectivo desta reunião é no sentido de criar uma cooperação entre os Estados para a mobilização de fundos.

De referir que a Convenção da Unesco para a protecção do património cultural subaquático, adoptada pela Conferência Geral da Unesco, em 02 de Novembro de 2001, na sua 31ª sessão, é um importante tratado internacional cujo objectivo é proteger o património cultural subaquático de todos os Estados Parte.

AM/ZS

Inforpress/Fim