Universidade de Verão do MpD serve para capacitar jovens quadros do partido – vice-presidente Janine Lélis

 

Cidade da Praia, 12 Out (Inforpress) – A vice-presidente do Movimento para a Democracia (MpD-poder), Janine Lélis espera que a primeira Universidade de Verão deste partido, destinada aos jovens, sirva para “capacitar” os jovens quadros do partido.

Janine Lélis fez essas considerações em declarações à imprensa à margem da cerimónia de abertura deste evento político a que presidiu hoje, na Cidade Velha, berço da cabo-verdianidade.

“Os desafios que hoje se colocam ao partido são diferentes e sabemos que precisamos de novas energias e novas atitudes de encorajamento e de compromisso para ajudar a levar para frente aquilo que é tarefa do MpD, a governação”, precisou Janine Lélis que é também ministra da Justiça.

Segundo ela, os jovens jogam um “papel importante” na definição da democracia, já que trazem “novas energias, novas ideias e novo engajamento”.

“A perpetuação do MpD depende das gerações futuras.  Por isso, temos a responsabilidade de as formar e capacitar para que continuem a trilhar aquilo que é o caminho do MpD”, indicou a vice-presidente do partido, acrescentando que esta força política tem um “papel fundamental” na democracia cabo-verdiana, assim como no desenvolvimento do país.

Na sua intervenção, a vice-presidente do MpD realçou a importância da participação dos jovens na política, assim como a sua formação e capacitação neste domínio.

Esta Universidade de Verão, a primeira que o MpD realiza, decorre nos dias 12, 13 e 14 e destina-se não só a jovens afectos ao partido, mas também àqueles que, não sendo militantes, alinham também com os valores do MpD.

Hoje, estão previstos temas como “Princípios e valores do MpD – Contributo do partido na construção da Democracia e do Desenvolvimento de Cabo Verde”; o “Poder Local como motor de desenvolvimento” e à noite haverá um jantar-conferência com o tema “Cabo verde, país plataforma”.

LC/FP

Inforpress/Fim