sarıyer haberleri">

Tokyo2020: Solidariedade Olímpica concede bolsa de preparação para dez atletas cabo-verdianos

 

Cidade da Praia, 11 Set (Inforpress) – A Solidariedade Olímpica disponibilizou uma bolsa para dez atletas cabo-verdianos, com vista à preparação e a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tokyo2020.

O Comité Olímpico Cabo-verdiano (COC), através de uma nota de imprensa assinada pelo seu secretário-executivo, Leonardo Cunha, informa que esta decisão foi tomada após estudo conjunto com as Federações Internacionais interessadas, e levando em consideração o perfil dos atletas propostos na candidatura do COC.

Segundo a fonte, este programa, com vista à preparação e a qualificação para os Jogos Olímpicos de Tokyo2020 é sujeito ao desempenho, relatórios e processo de qualificação.

“Isto leva a uma duplicação de cinco bolseiros de Rio2016 para dez bolseiros Tokyo2020. Um feito correspondente à confiança desta entidade ao trabalho realizado pelos atletas de Cabo Verde e das suas equipas de suporte”, acrescenta.

Ainda de acordo com a nota, uma alteração do programa é o facto do valor mensal passar a ser de 600 USD por mês com um aumento de 2 para 3 anos de bolsa. Cada atleta terá igualmente um total de 5000 USD para viagens para provas de qualificação.

Os atletas seleccionados para a usufruir desta bolsa são Maria José Andrade (F- Taekwondo), Sofia dos Reis (F-Taekwondo), Adysangela Moniz (F-Judo), Sandra Borges (F-Judo), Djamila Correia e Silva (F-Judo), Lidiane Lopes (F-Athletics),  Eveline Sachez (F-Athletics), Jordin Andrade (M-Athletics), Davilson Morais (M-Boxing) e Ruben Sanca (M-Athletics).

A fonte do COC recorda que quatro atletas (Maria Andrade – Taekwondo; Lidiane Lopes – Atletismo; Jordin Andrade – Atletismo; e Davilson Morais – Boxe) já vinham usufruindo de uma bolsa intermédia de 312 USD mensais cedida pelo Comité Olímpico que termina agora em Setembro.

“Igualmente, três atletas em preparação para os Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires (Magda Moreira – Atletismo; Marcelo Gomes – Atletismo; e Nicalas Fernandes – Taekwondo) já estão a usufruir de 7500 USD (por atleta) durante os 15 meses antecedentes à prova marcada para Outubro de 2018”, lê-se na nota.

Neste sentido, assevera, o Comité Olímpico Cabo-verdiano tem encetado todos os esforços para criar as melhores condições para a preparação dos atletas no sentido de facilitar o seu processo de preparação e qualificação para o palco máximo do desporto mundial.

Inforpress/Fim

%d bloggers like this:
Modüler Bölme Duvar Açık ofis bölme sistemleri Ofis Bölme Sistemleri Jaluzili cam bölme Cam bölme duvar Jaluzili bölme duvar Çocuk odası Diş polikliniği dekorasyonu Ofis dekorasyonu Hastane dekorasyon Ev dekorasyonu Sivas prefabrik Mutfak dekorasyonu Ofis dekorasyonu İç mimari dekorasyon