“Todas as opções estão em cima da mesa” após lançamento de míssil norte-coreano – Trump

 

Washington, 29 Ago (Inforpress) – O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou hoje que “todas as opções estão em cima da mesa” após a Coreia do Norte ter disparado um míssil balístico que sobrevoou o território do Japão.

Numa declaração escrita, o chefe de Estado norte-americano disse que tais “acções ameaçadoras e desestabilizadoras” só aumentam o isolamento do regime de Pyongyang na região e em todo o mundo.

Trump salientou que as acções da Coreia do Norte mostram “desprezo pelos [países] vizinhos” e que “todas as opções estão em cima da mesa” em relação à resposta norte-americana perante as manobras do regime liderado por Kim Jong-Un.

A Coreia do Norte disparou hoje um míssil balístico que sobrevoou o Japão antes de cair no oceano Pacífico.

O Conselho de Segurança da ONU vai reunir-se de urgência a pedido de Washington e de Tóquio, tendo o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, chamado a atenção para uma “ameaça grave e sem precedentes”.

No sábado, a Coreia do Norte disparou três mísseis de curto alcance no mar do Japão, quando milhares de soldados norte-americanos e da vizinha Coreia do Sul participavam em manobras, no âmbito de exercícios militares anuais, na Península Coreana.

Estes lançamentos ocorrem num contexto de tensão exacerbada entre Washington e Pyongyang.

No início de agosto, em plena escalada de tensão com a Coreia do Norte, Trump ameaçou o regime norte-coreano com “fogo e fúria nunca vistos”, tendo ainda declarado que a opção militar estava pronta para ser accionada.

Na mesma altura, o líder norte-americano também assegurou que o arsenal nuclear dos Estados Unidos era “o mais poderoso e forte de sempre”.

Lusa/Fim