Sondagem da Pitagórica: MpD considera que resultados mostram confiança no Governo – PAICV diz que confiança está a baixar

Cidade da Praia, 20 Jul (Inforpress) – O MpD (partido no poder) considera que a recente sondagem publicada pela empresa Pitagórica mostra a confiança do povo no seu Governo, enquanto o PAICV (oposição) defende que o nível de confiança no executivo está a baixar.

Para o deputado do Movimento para a Democracia (MpD), Emanuel Lopes, o facto de a pesquisa de opinião ter indicado uma queda do seu partido em 10 pontos percentuais em relação às ultimas eleições, o resultado mostra que o povo ainda confia no MpD.

“Não acho isso uma perda de confiança. Neste momento estamos no ponto crítico da governação e nós podemos agora ascender muito mais e recuperar esses 10 pontos percentuais”, defendeu o deputado.

Para o político, o importante neste momento é que o partido continua a ser uma “força credível”. Acredita que essa reputação é sinal de que o povo está a ver que o MpD está a trabalhar.

Mas, na visão do deputado do PAICV, Rui Semedo, a sondagem dá uma “pista clara” porque revela que em dois anos o MpD perdeu dez pontos percentuais e que não teria maioria absoluta. Por isso, considerou que a credibilidade da actual maioria e do MpD está a baixar.

“Se continuar a perder neste nível, daqui a um ano não terá nem a maioria relativa. A sondagem está a dizer que o MpD, se for a eleições agora, não terá maioria suficiente para governar o país. É uma queda extraordinária”, analisou o deputado Rui Semedo.

Por outro lado, analisou Rui Semedo, em relação à oposição, os sinais dessa pesquisa de opinião indicam que ela está a crescer. No entanto, assegura que este crescimento não envaidece o PAICV, mas “dá pistas para continuarem a trabalhar serenamente” juntos com os cabo-verdianos.

A sondagem foi realizada pela empresa Pitagórica, entre 11 Junho e 02 de Julho. Ela revela que, se as eleições fossem agora, o MpD voltaria a vencer, mas sem ultrapassar 50 por cento (%) dos votos que lhe dava a maioria absoluta.

Nesta sondagem, o partido liderado por Ulisses Correia e Silva com 46,7% das intenções de votos incluindo indecisos, contrariamente ao resultado verificado em 2016 quando ganhou as eleições com 57,3% dos votos (maioria absoluta).

O PAICV cresce alguns pontos percentuais e alcança 38% das intenções dos votos. A UCID também sobe nas intenções de voto e atinge 5% do eleitorado nacional.

CD/CP

Inforpress/Fim