Sociedade Cabo-verdiana de Música assinala Dia Mundial do Direito de Autor com partilha dos direitos autorais

 

Cidade da Praia, 28 Fev (Inforpress) – A Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM) vai proceder às primeiras distribuições dos direitos autorais e conexos arrecadados, no domínio da música, no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Direito de Autor, celebrado no próximo dia 23 de Abril.

De acordo com a presidente da SCM, Solange Cesarovna, o montante arrecadado vai contemplar músicos, autores, compositores, intérpretes, executantes, produtores, editores, publishers e investigadores, no âmbito do cumprimento da sua missão de cobrar, gerir e distribuir direitos autorais.

Segundo uma nota de imprensa da SCM “trata-se de mais um passo cujo simbolismo representa mais um marco extraordinário na árdua, mas gratificante caminhada desta organização de gestão colectiva cabo-verdiana, com abrangência além-fronteiras, graças a acordos de reciprocidade que vem celebrando com organizações congéneres estrangeiras”.

Lê-se na nota em apreço, que a sociedade trabalha “sempre em prol da defesa e protecção das obras musicais cabo-verdianas e não só, e consequentemente da dignificação e salvaguardas dos legítimos interesses dos respectivos titulares”.

A iniciativa ocorre numa altura na qual a jovem organização cabo-verdiana recebe uma missão da Confederação Internacional das Sociedade de Autores e Compositores – CISAC, no quadro duma consultoria perspectivada em apoio global que a SCM conta obter desta organização internacional.

Recentemente, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC) revelou ter transferido em 2017, mais de 27 mil contos em Taxa de Compensação Equitativa da Cópia Privada à Sociedade Cabo-verdiana de Música, à Sociedade Cabo-verdiana e Autores e à Associação de Cinema e Audiovisual.

SR/FP

Inforpress/Fim