Síria: Maior coluna de retirada de rebeldes e civis deixou Ghouta Oriental

Damasco, 27 Mar (Inforpress) – A maior coluna para retirar rebeldes e civis da Ghouta Oriental abandonou durante a madrugada de hoje o enclave rebelde, segundo um órgão de comunicação estatal sírio.

Cem autocarros transportando 6749 pessoas, um quarto das quais rebeldes, deixaram esta noite uma bolsa do enclave controlada pelo grupo rebelde Faylaq al-Rahmane, noticiou a agência oficial síria Sana.

As evacuações fazem parte de um acordo concluído na semana passada entre este grupo islâmico e a Rússia, que apoia o regime após uma operação aérea e terrestre das forças do Presidente sírio, Bashar al-Assad lançada a 18 de Fevereiro, que destruiu o bastião rebelde, submetido desde 2013 a um cerco asfixiante.

O poder já reconquistou mais de 90% do reduto rebelde.

Atingidos por um dilúvio de fogo e enfraquecidos por um cerco de cinco anos, os movimentos rebeldes aceitaram um a um abandonar as suas posições naquela província e retirar-se para a província de Idleb, no noroeste do país, que ainda escapa ao controlo do regime de Assad.

O regime sírio declarou no início do ano como prioridade a reconquista da Ghouta Oriental, uma zona de onde os rebeldes disparavam morteiros e ‘rockets’ sobre Damasco.

Lusa/fim