Síria: Ataque aéreo turco atinge hospital e mata nove pessoas em Afrine – OSDH

Beirute, 16 Mar (Inforpress) – Nove pessoas morreram hoje na sequência de um ataque aéreo turco, que atingiu o principal hospital da cidade curda de Afrine, no noroeste da Síria, de acordo com o

Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).
Afrine e o enclave com o mesmo nome têm sido alvo, desde 20 de janeiro, de uma ofensiva armada turca e de rebeldes sírios aliados, que tentam retirar do local uma milícia curda que Ancara considera “terrorista”.

Também durante o dia de hoje em Afrine, pelo menos 18 pessoas, entre as quais cinco crianças, morreram e mais de 45 ficaram feridas na sequência de bombardeamentos de aviões turcos.

Segundo a organização não governamental (ONG) OSDH, os ataques atingiram civis que deixaram as suas casas na cidade de Afrine, numa tentativa das forças turcas de impedirem o movimento de pessoas que fugiam para forçá-las a irem para zonas sob seu controlo.

Os bombardeamentos turcos ocorreram depois de mais de 2.500 pessoas terem deixado Afrine na quinta-feira à noite para entrar em veículos com destino às cidades de Al Zahraa, Nibil, bem como para suas áreas rurais, localizadas no norte da província de Alepo e controladas pelas forças governamentais.

A ONG destacou que esses ataques turcos ocorrem enquanto a cidade de Afrine está numa “situação humanitária catastrófica”.

Lusa/Fim