Seis mortos em queda de helicóptero camaronês de combate a Boko Haram

Yaoundé, 23 Jan (Inforpress) – Um helicóptero dos Camarões que combatia o grupo extremista nigeriano Boko Haram despenhou-se domingo à noite na fronteira com a Nigéria, matando seis pessoas, entre as quais o comandante das tropas camaronesas, anunciaram as autoridades.

O governador da região do extremo norte da nação da África Central, Midjiyawa Bakari, confirmou que o general Jacob Kodji foi uma das vítimas do acidente ocorrido perto da aldeia de Bogo, durante uma missão de inspeção do contingente camaronês de combate aos ‘jihadistas’ do Boko Haram, que dirigia há 17 meses.

As outras vítimas mortais foram três oficiais de alta patente e dois tripulantes do aparelho.

Uma força multinacional tem estado a combater os extremistas do Boko Haram, que expandiram a sua área de ação além das fronteiras da Nigéria, para os países vizinhos na região do Lago Chade.

Lusa/fim