sarıyer haberleri">

São Vicente: Universidade do Mindelo abre ano lectivo e primeiro-ministro dá primeira aula oficial

 

Mindelo, 11 Out (Inforpress) – A Universidade do Mindelo abriu hoje oficialmente o ano lectivo 2017/2018 e convidou o primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva a ministrar a primeira aula, que girou à volta do tema da actualidade, a regionalização.

Depois de inaugurar o bloco C, o novo edifício do campus universitário, Correia e Silva demorou perto de uma hora a dissecar o tema regionalização, perante uma plateia composta essencialmente por professores, políticos e estudantes.

A regionalização continua a suscitar muitas dúvidas e perguntas, tendo Ulisses Correia e Silva esclarecido algumas delas, as que o pouco tempo que permaneceu no Mindelo lhe permitiu.

A inauguração do Bloco C do campus universitário, um edifício de sete pisos, foi um “momento de alegria e de festa”, segundo o reitor da Universidade, Albertino Graça, e aconteceu exactamente 15 anos depois da entrada em funcionamento do Instituto de Estudos Superiores Isidoro da Graça (IESIG), que deu lugar depois à Universidade do Mindelo.

“Uma obra monumental”, assim o definiu Albertino Graça, para albergar, além de auditório, espaços corporativos, laboratórios, salas de conferências e salão nobre, a ser construída desde 05 de Julho de 2011 e que custou 120 milhões de escudos.

Albertino Graça referiu-se a um percurso exemplar da Universidade do Mindelo, em todos os planos, mas perspectivou um “ano com grandes dificuldades” por causa da fragilidade financeira das famílias, o que já levou à diminuição do número de candidatos ao ensino superior.

Tal situação, afirmou o reitor da Universidade, “convida a uma profunda reflexão” sobre a universidade em Cabo Verde.

Os ministros da Economia e Emprego, da Cultura e Indústrias Criativas, da Justiça e da Educação, respectivamente, José Gonçalves, Abraão Vicente, Janine Lélis e Maritza Rozabal deviam inaugurar o Centro de Produção de Energia e Manutenção Industrial, o Núcleo Dinamizador da Escola de Música e Artes, o Laboratório de Prática Jurídica e a Cátedra António Aurélio Gonçalves, mas nenhum deles pôde deslocar-se a São Vicente, por motivos de agenda, pelo que a tarefa ficou por conta do primeiro-ministro.

AT

Inforpress/Fim

%d bloggers like this:
Modüler Bölme Duvar Açık ofis bölme sistemleri Ofis Bölme Sistemleri Jaluzili cam bölme Cam bölme duvar Jaluzili bölme duvar Çocuk odası Diş polikliniği dekorasyonu Ofis dekorasyonu Hastane dekorasyon Ev dekorasyonu Sivas prefabrik Mutfak dekorasyonu Ofis dekorasyonu İç mimari dekorasyon