São Vicente: Marinheiros instituíram hoje no Mindelo uma associação da classe

Mindelo, 16 Mar (Inforpress) – Trinta e oito marítimos criaram na tarde de hoje, no Mindelo, de forma muito informal, a Associação de Marinheiros e Mestrança de Cabo Verde (AMMCV), elegendo para a sua direcção Anildo da Luz e para dirigir a Assembleia-Geral, Fernando Delgado.

Alegando pressa e inexperiência burocrática, os marinheiros dispensaram a leitura e a aprovação dos Estatutos, assim como tiveram que ignorar o Regulamento Eleitoral.

A votação foi feita com o dedo no ar porque, segundo alegaram, não tiveram dinheiro para urna e boletins de voto, segundo, aliás, obriga o Regulamento eleitoral.

Estas dificuldades desenvolveram-se, em parte, porque faltou à assembleia electiva dos marinheiros o seu assessor jurídico, um advogado da praça, assim como faltaram entidades locais ligadas ao mar cujas cadeiras a elas devidamente reservadas permaneceram vazias, o que levou um presente a afirmar que “Cabo Verde vive de costas voltadas para o mar”.

Apesar de tudo, o eleito presidente da direcção, Anildo da Luz, prometeu “seriedade” no seu desempenho e luta para fazer baixar a idade de reforma dos actuais 65 anos para 58 ou mesmo 55 anos, referindo, a esse erespeito, não ser “brincadeira” trabalhar no mar.

Já Fernando Delgado, eleito presidente da Assembleia-Geral, declarou que pelos marítimos irá lutar “até ao último dia” da sua vida, tanto mais que finalmente já existe esta associação que “já fazia falta”.

AT/FP

Inforpress/Fim