São Vicente: Homem de 28 anos encontrado morto na Laginha supostamente por afogamento

 

Mindelo, 22 Jun (Inforpress) – Populares deram conta, às primeiras horas da manhã de hoje, de um corpo na praia da Laginha, em São Vicente, a boiar na zona de rebentação, e suspeita-se tratar-se de um caso de morte por afogamento.

José Rui Neves, 28 anos, que segundo pessoas do seu relacionamento, sofria de perturbação mental, saiu de casa na noite de quarta-feira, quando deveria estar a preparar-se para se dirigir a uma sessão num centro de racionalismo cristão da ilha, na mesma noite.

Sem que a família se apercebesse, o homem deixou a residência, na zona de Chã de Alecrim, perto da praia da Lajinha, onde o seu corpo seria encontrado na manhã de hoje.

As autoridades policiais e sanitárias tomaram conta da ocorrência e o corpo foi transferido para a morgue do Hospital Baptista de Sousa.

Por outro lado, foi a enterrar na tarde de quarta-feira no cemitério de São Vicente a jovem Cidlene Patrícia, que fora encontrada morta no passado domingo dentro de uma viatura, na mata no perímetro do campo de golfe da ilha.

A perícia médico-legal, realizada na manhã de quarta-feira, 21, pelo médico legista Ledo Pontes, oriundo da ilha do Fogo, confirmou que a jovem, que se encontrava grávida de 14 semanas, teve morte por estrangulamento.

A escassos metros da viatura, no mesmo local, um outro jovem, alegadamente companheiro de Cidlene, de nome Adilson Évora, foi encontrado morto pendurado numa árvore, com uma corda atada ao pescoço, presumindo as autoridades tratar-se de um caso de homicídio seguido de suicídio do casal.

AA/ZS

Inforpress/Fim