São Vicente: Festival Cesária Évora pode ocorrer ainda este ano – Baía das Gatas não será palco da 1ª edição – Augusto Neves

Mindelo, 14 Set (Inforpress) – O presidente da câmara de São Vicente confirmou hoje à Inforpress, no Mindelo, que a edição de estreia do Festival Cesária Évora “pode ocorrer ainda este ano”, mas que Baía das Gatas “não será, em princípio, o palco”.

Augusto Neves, em entrevista à Inforpress, sustentou que aguarda uma proposta do manager de Cesária Évora, Djô da Silva, mas que a ideia, tratando-se da primeira edição, é fazer o evento acontecer na cidade do Mindelo, e não na Baía das Gatas, como anteriormente anunciado.

“É o próprio Djô da Silva que nos pede para acautelarmos e procurar um outro palco para a edição de estreia, até porque estarão a decorrer as obras na estrada e na baía, que são condicionantes”, concretizou Augusto Neves.

“Estamos a conversar sobre o melhor enquadramento e o manager está a trabalhar o projecto e deve apresentar uma proposta concreta à câmara, que deve também envolver a família da cantora”, concretizou o edil mindelense.

Ademais, a ideia do festival está a ser trabalhada pelas duas partes no pressuposto, segundo Augusto Neves, de que a ilha necessita de “potencializar e aproveitar” o “grande nome” da cantora mindelense.

O autarca diz não ter dúvidas de que o Festival Cesária Évora será “um grande cartaz”, que vai trazer “força à ilha” e “movimentar”, a economia local.

“Não temos dúvidas, pois todos os artistas que vêm cá querem cantar Cesária, os turistas vêm a São Vicente visitam o túmulo de Cesária, a casa onde viveu, o seu espólio, então porque não aproveitar isso e fazer outras coisas”, concretizou Augusto Neves.

“A ilha tem muito a ganhar com isso”, precisou, ao mesmo tempo que anunciava, por outro lado, que a autarquia mindelense vai mandar fazer um estudo que demonstre aos sanvicentinos a importância dos eventos culturais para a economia da ilha.

“Temos a sensação de que a ilha aguenta porque existem esses eventos pela forma como movimentam a economia da ilha”, concluiu Neves, aludindo ao Festival de Música da Baía das Gatas, ao Carnaval, ao Fim-de-Ano, ao Mindelact, ao Kavala Fresk Feastival e ao Mindel Summer Jazz, entre outras movimentações culturais que ocorrem anualmente na ilha de São Vicente.

Cesária Joana Évora nasceu na cidade do Mindelo, São Vicente, a 27 de Agosto de 1941, também conhecida por a “diva dos pés descalços», foi a cantora cabo-verdiana de maior reconhecimento internacional.

Viria a falecer no dia 17 de Dezembro de 2011, aos 70 anos, no Hospital Baptista de Sousa, depois de percorrer mundo a divulgar o nome Cabo Verde e sua cultura musical.

AA/ZS

Inforpress/Fim