São Vicente: Expomar 2018 inaugurada dia 11 de Outubro com seminário sobre oceanos

Mindelo, 25 Set (Inforpress) –  A VII edição da Feira das Actividades Económicas Ligadas ao Mar (Expomar) realiza-se este ano de 11 a 13 de Outubro, em São Vicente, sob o lema “Os oceanos – fontes de oportunidades e crescimento sustentável”.

A organização anunciou que a edição 2018 é uma parceria entre a Feira Internacional de Cabo Verde (FIC SA), em parceria com a Câmara de Comércio do Barlavento (CCB) e o Instituto de Estudos da Macaronésia.

Neste âmbito, assinala a mesma fonte, a Expomar procura afirmar-se como uma “plataforma sectorial de promoção de negócios” e de partilha “do saber, de experiências e concertação de esforços”, visando melhorar a competitividade de Cabo Verde, e da região, numa altura em que a ilha de São Vicente “se reposiciona para albergar investimentos estruturantes”, os quais deverão sustentar a visão do “desenvolvimento holístico”,  que integra as pescas, o transbordo, o bunkering, o turismo de cruzeiro, a reparação naval, entre outros sectores da economia marítima.

À semelhança das edições anteriores, esta que principia no dia 11 de Outubro, integra três componentes, exposição/mostra de produtos, serviços e de tecnologias com aplicação ao mar, encontros de negócio e conferências Internacionais e workshops alusivos ao tema Economia Azul.

As conferências, presididas por “altos governantes”, têm a particularidade de absorver a comemoração dos 25 anos da Guarda Costeira de Cabo Verde, incorporando actividades alusivas ao tema, nomeadamente disposição de meios navais na praia da Laginha e sobrevoo de uma aeronave.

Os seminários devem ocorrer nos dias 11 e 12 de Outubro e contarão com presenças de especialistas internacionais e de governantes do arquipélago, entre eles o ministro da Economia Marítima, o ministro da Defesa e o secretário de Estado Adjunto para a Economia Marítima, e realizam-se na sala de conferências da CCB.

A VII Expomar, com o propósito de promover os “serviços e projectos transversais focados no desenvolvimento de negócios na área do mar”, no âmbito da feira, de cariz sectorial, terá em exposição sectores como aquacultura, biotecnologia, bunkering, consultoria, construção e reparação naval, desportos náuticos, embarcações de recreio, investigação científica e formação, pesca industrial e desportiva, portos e logística, turismo de cruzeiros, transportes marítimos, segurança marítima e portuária e shipping.

Na edição do ano passado, a Expomar ficou marcada por uma “forte presença” estrangeira de países como Portugal, Espanha, França, Holanda, Luxemburgo e Noruega. Recebeu 60 expositores que se distribuíram por 79 stands, visitados por mais 4.000 pessoas.

AA/ZS

Inforpress/Fim