São Vicente: Deputados do MpD levam “perspectiva positiva” da ilha para debate sobre Estado da Nação

Mindelo, 12 Jul (Inforpress) – Os deputados do Movimento para a Democracia (MpD, no poder) eleitos pelo círculo eleitoral de São Vicente consideram que levam para o debate sobre o Estado da Nação uma “perspectiva positiva” da ilha.

No final da visita ao círculo, concluída hoje, o deputado e líder da bancada do MpD, Rui Figueiredo Soares, lembrou, contudo, que ainda “há problemas” numa ilha, ajuntou, que esteve “muito tempo votada ao abandono”.

“Havia e continua a haver algum desânimo, continua a haver um grande poder de reivindicação, o que é bom, mas levamos a ideia de que algumas coisas estão a acontecer”, apontou o deputado, que exemplificou com o financiamento para Terminal de Cruzeiros, o qual “aliviou a tensão” em relação às expectativas.

O deputado considerou ainda que vêem em direcção a São Vicente “investimentos públicos de monta”, mas, reconheceu, que esses investimentos “não serão a panaceia” para a resolução de todos os problemas de São Vicente.

“As pessoas estão a exigir que a ilha contribua para o todo nacional e que pode fazer muito para Cabo Verde e a nossa ideia é que se São Vicente não estiver bem, Cabo Verde estará menos bem”, lançou, já que ela, concretizou, dá energias e há potencialidades que devem ser postas ao serviço do todo nacional.

Quanto à questão dos transportes aéreos e marítimos, revelou ser uma “situação transitória e indesejada”, que tem provocado um “grande problema” às pessoas.

“Continuamos a batalhar junto do Governo para que se encontre uma solução para o transporte aéreo de mercadorias de e para a ilha, e também a questão da ligação da ilha apenas com a cidade da Praia”, lançou o deputado, para quem a questão dos TACV era “muito complicada e que a alternativa que se colocava era liquidar a empresa.

“Conseguiu-se uma solução que tem sido elogiada pela GAO”, ajuntou, reconhecendo embora que “há problemas” nos transportes aéreos nacionais e internacionais, mas que o Governo está “empenhado” em “melhorar e resolver” tais situações.

“Vamos para o Estado da Nação convictos que continua a haver problemas, nenhum país consegue resolver os problemas na totalidade, mas temos confiança que o Governo os vai resolver”, reiterou Rui Figueiredo Soares.

Durante a visita, os deputados do MpD privilegiaram contactos com as autoridades políticas da ilha, instituições religiosas e a população.

Do presidente da câmara, os deputados, segundo a mesma fonte, receberam a informação de que São Vicente está a conhecer “dias muito melhores”, devido à “parceria efectiva” com o Governo.

O debate sobre o Estado da Nação está previsto para a sessão do final do mês na Assembleia Nacional.

AA/ZS

Inforpress/Fim