Inicio Sociedade São Miguel: Autarquia entrega seis famílias casas reabilitadas e prevê entregar mais...

São Miguel: Autarquia entrega seis famílias casas reabilitadas e prevê entregar mais duas até final do ano

Calheta, 07 Out (Inforpress) – A Câmara Municipal de São Miguel entregou hoje seis famílias do concelho casas reabilitadas, sendo uma em Achada Bolonha, três em Achada Batalha e duas em Flamengos e prevê entregar mais duas até final deste ano económico.

A reabilitação dessas casas insere-se no quadro do programa ”São Miguel Valoriza”, criado para dar respostas às necessidades de habitação no concelho, e que contou com apoio do Governo.

“A entrega dessas habitações representa uma política virada para as pessoas, para garantir dignidade para as famílias do concelho”, disse o edil, Herménio Fernandes, indicando que o grande desafio é garantir uma habitação condigna as famílias, segundo ele, uma obrigação do poderes local e central.

O autarca lembrou que as obras de reabilitação foram feitas por pequenos empreiteiros locais, permitindo gerar postos de trabalho no município.

Informou ainda, que para este ano no total são 15 habitações a serem entregues. Treze famílias já foram beneficiadas e mais duas habitações serão entregues até final do ano, umas reabilitadas e outras construídas de raiz, investimentos que ultrapassam 25 mil contos.

“A promoção e inclusão social no concelho só está a ser uma realidade, porque temos um Governo que tem respondido as solicitações da câmara municipal e também das ONG”, realçou.

Herménio Fernandes aproveitou para pedir as beneficiadas para conservarem as habitações, para que também possam conseguir oferecer às outras famílias com tais necessidades.

Fica, uma das beneficiadas de Achada Bolanha agradeceu aos responsáveis, salientando que, agora, não tem medo de ver para o tecto porque agora é seguro.

Sacor, uma outra contemplada disse que ficou satisfeita com a entrega das chaves da sua nova casa, uma vez que, segundo disse, outrora não conseguiam dormir pensado a que horas o tecto ia cair, principalmente na época das chuvas.

Mónica e Jacira outras beneficiadas comprometeram cuidar da casa, ora reabilitada. Emocionadas, agradeceram os responsáveis, tendo em conta que se fosse por recursos próprios não iriam reabilitar as suas habitações.

FM/CP

Inforpress/Fim