São Domingos: Visita do edil a Portugal resulta em ofertas de ambulâncias para o município

Cidade da Praia, 15 Mai (Inforpress) – O município de São Domingos, na ilha de Santigo, será contemplado proximamente com algumas ambulâncias, fruto da visita de trabalho que o edil local acaba de concretizar a Portugal, devendo uma das unidades viajar já na próxima semana.

A informação foi avançada hoje pelo próprio autarca, Clemente Garcia, quando falava em declarações à Inforpress, tendo indicado que a sua visita a Portugal teve como propósito o reforço da cooperação com alguns municípios com os quais São Domingos está geminado, cuja agenda incluiu também contactos com entidades públicas e privadas no norte de Portugal, visando obter investimentos externos para impulsionar o desenvolvimento do concelho.

Conforme Clemente Garcia, dos contactos estabelecidos conseguiu arrecadar algumas ambulâncias para o concelho, sendo uma delas oferecida pelo município de Gondomar através da Cruz Vermelha que deverá viajar para Cabo Verde já na próxima semana.

Outras unidades conseguidas no âmbito da cooperação com a Câmara Municipal de Barcelos, deverão seguir também viagem proximamente para Cabo Verde, estando o processo a ser ultimado.

Segundo o autarca, a nível empresarial São Domingos deverá receber entre os meses de Junho e Julho, alguns empresários portugueses que virão efectuar uma visita de prospecção do mercado para possíveis investimentos, nomeadamente nas áreas do turismo, restauração, entre outras.

“Este ano São Domingos vai ter projecto estruturante para o seu desenvolvimento”, disse o autarca sem especificar, no entanto, em que domínios, sublinhando que “a nível da cooperação descentralizada, o município de São Domingos tem estado muito dinâmico”.

Conforme indicou Clemente Garcia, aproveitando a sua deslocação a Portugal pôde reunir-se com as autoridades municipais no concelho de Barcelos, onde participou das cerimónias de comemoração alusivas a Festa das Cruzes, momento que também aproveitou para rever com o seu homólogo o acordo de geminação assinado em 1997.

A promoção de trocas culturais, sociais, educativas, turísticas ou de outras, entre as populações dos dois municípios e através das suas diversas organizações representativas, fazem parte do acordo, assim com a formação dos quadros em domínios de interesse para o município cabo-verdiano.

DR/FP

Inforpress/Fim