Santo Antão: O trabalho que tem sido feito é admirável – embaixadora da União Europeia

 

Ribeira Grande, 16 de Nov (Inforpress) – A embaixadora da União Europeia em Cabo Verde, Sofia Moreira de Sousa, considerou quarta-feira, em Santo Antão, que “é admirável” o trabalho realizado na ilha no âmbito da recuperação dos estragos provocados pelas cheias de Setembro de 2016.

“Faz um ano que Cabo Verde formulou o pedido de ajuda à União Europeia para a recuperação dos estragos provocados pelas cheias de 2016 e viemos ao terreno para ver o que tem sido feito”, explicou a embaixadora da União Europeia, depois de visitar os diferentes pontos de obra onde foram feitas as reconstruções dos caminhos, das estradas, dos muros de protecção, dos furos de água e de outras obras agrícolas.

“Estamos a ver os desafios que a ilha enfrenta relativamente a cheias futuras e actualmente o desafio relaciona-se com a seca”, disse a diplomata portuguesa que representa a União Europeia em Cabo Verde, considerando que “é difícil de conceber como é que todas essas coisas foram destruídas por água quando agora não vemos água nenhuma”.

Nesta deslocação à ilha de Santo Antão, a sua segunda visita à ilha, Sofia Moreira de Sousa fez-se acompanhar dos representantes diplomáticos dos Estados-membros da União Europeia com residência na cidade da Praia.

Ao longo do dia, as diplomatas europeias visitaram algumas localidades do Planalto Leste, dos vales da Ribeira da Torre, da Ribeira Grande, de Caibros e da Garça, onde decorreram obras de recuperação de infra-estruturas agrícolas e rodoviárias, além de constatar in loco os efeitos da seca nessas localidades.

HF/JMV

Inforpress/Fim