Santo Antão: Projecto sobre energias renováveis em Monte Trigo orgulha União Europeia – embaixador

 

Porto Novo, 04 Jun (Inforpress) – O projecto sobre as energias renováveis em Monte Trigo, que consistiu na instalação, em 2012, de uma central fotovoltaica nessa comunidade do interior do Porto Novo, Santo Antão, constitui “um orgulho para a União Europeia (UE), entidade financiadora.

Quem o diz é o embaixador da UE em Cabo Verde, José Manuel Pinto Teixeira, que, este sábado, visitou Monte Trigo para constatar, de perto, os benefícios que o projecto trouxe para essa localidade e testemunhar “a importância das energias renováveis na esterilidade social e ambiental” das localidades isoladas.

Monte Trigo, com quase 300 habitantes, é um dos povoados mais isolados no interior do Porto Novo, mas que, graças ao projecto, financiado no quadro do programa SESAM-ER (Serviço Energético Sustentável para povoações rurais isoladas Mediante Microredes com Energias Renováveis na ilha de Santo Antão), pela UE, em 163 mil contos,  a população local melhorou, significativamente, a sua condição de vida, pelas oportunidades criadas no quadro desse projecto, que levou luz 24 horas/dia à aldeia.

Segundo José Manuel Pinto Teixeira, está-se perante “um projecto exemplar e de que todos nos orgulhamos”, pelo seu impacto na vida da população dessa comunidade que, graças à energia eléctrica, consegue promover a pesca e o turismo, áreas em que Monte Trigo tem excelentes potencialidades.

Para o edil do Porto Novo, Aníbal Fonseca, este projecto, que partiu de “um sonho” dos parceiros e da própria comunidade de Monte Trigo, é um exemplo daquilo que se deve fazer em benefício das comunidades, que está ser replicado em outras comunidades no interior deste município.

Nessa visita, o embaixador da UE esteve ainda acompanhado do presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, que, também, enalteceu a importância do projecto na melhoria das condições de vida da população do Monte Trigo, enaltecendo a necessidade dessa iniciativa, que é um exemplo, ser alargada a outras localidades em Cabo Verde.

Segundo a líder comunitária, Maria Miranda, “muita coisa mudou” em Monte Trigo com a implementação do projecto, que, a seu ver, trouxe “outras perspectivas de vida” aos moradores dessa comunidade piscatória, ainda isolada no interior do concelho do Porto Novo.

A visita a Monte Trigo do embaixador da União Europeia que, este domingo, termina uma estada de quatro dias a Santo Antão, aconteceu no quadro das comemorações do décimo aniversário da parceria especial Cabo Verde/UE.

JM/CP

Inforpress/Fim