Santo Antão: Porto Novo recebe seminário internacional sobre ecoturismo para debater turismo ecológico

Porto Novo, 19 Mai (Inforpress) – Especialistas das regiões periféricas da União Europeia (UE) e de países associados, vão estar reunidos dias 30 e 31, no Porto Novo, Santo Antão, num seminário internacional sobre o ecoturismo, para uma reflexão sobre turismo ecológico.

O evento realiza-se no quadro do projecto Eco-Tur, financiado em 250 mil contos pela União Europeia (UE), através do programa de cooperação territorial entre Portugal e Espanha,  que abrange uma rede de municípios das regiões periféricas (Madeira, Açores e Canárias) e Cabo Verde.

Porto Novo, um dos concelhos que integram a rede internacional da Eco-tur, que inclui ainda sete municípios das Canárias, quatro dos Açores, dois da Madeira e, como associados dos terceiros, um da Mauritânia e um de Senegal.

Para o presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Aníbal Fonseca, a presença de especialistas internacionais neste município santantonense para debaterem o turismo ecológico constitui uma “grande oportunidade” de promoção de Santo Antão como destino turístico.

A edilidade portonovense, avançou, prepara “uma boa acção diplomática” de promoção do concelho e da ilha, que deverá contar com a presença do vice-primeiro-ministro, Olavo Correia.

Este seminário internacional faz parte de uma série de 17 fóruns sobre o ecoturismo previstos para os próximos dois anos, no âmbito do Eco-Tur, tendo as Canárias e os Açores já recebido esse evento.

O projecto Eco-Tur, que já colocou à disposição do Porto Novo 35 mil euros (quase quatro mil contos) para a promoção do turismo rural, visa adoptar uma estratégia para a conservação e valorização do património natural e etnográfico, através de criação de produtos turísticos.

Além de miradouros, vai ser ainda criada no Porto Novo a rota turística “Claridade”, que ligará Ribeira das Patas ao Planalto Norte.

Santo Antão, segundo o Governo, está “na linha de frente” no que toca ao turismo da natureza, graças a várias iniciativas em curso na ilha, visando o incremento deste segmento turístico, que tem estado a crescer, nos últimos anos.

Santo Anão recebeu, em 2017, mais de 26 mil turistas (um aumento de 23,8% em relação a 2016) à procura do turismo da natureza.

Este mês fica também marcado pela criação da Associação do Turismo de Santo Antão.

JM/AA

Inforpress/Fim