Santo Antão: Pescadores da Ponta do Sol com dificuldades em arrastar os botes no lajedo de Boca-de-pistola

Ribeira Grande, 06 Dez (Inforpress) – Os pescadores da Ponta do Sol enfrentam dificuldades acrescidas para retirarem os botes da água no “lajedo” do desembarcadouro de Boca-de-pistola, na Ponta do Sol, danificada pela última maresia verificada naquela região.

Pescadores locais dizem que o betão do lajedo tinha sido comprometido pela máquina que executou os trabalhos de dragagem da “baía” de boca-de-pistola e o mar bravo fez o resto, danificando a placa de betão que, assim, pode provocar graves estragos às embarcações, sobretudo nos momentos de maré baixa.

Estevão Florêncio, pescador da Ponta do Sol, disse à Inforpress que o problema vai-se manter por muito tempo já que os trabalhos de reparação só poderão ser feitos no período de mar calmo, e isso, acrescenta, “só deverá acontecer depois do mês de Julho”.

A construção de um porto de pesca naquele local é uma reivindicação antiga dos pescadores da Ponta do Sol que consideram essa infra-estrutura essencial para uma navegação mais segura naquele local e para a resolução dos problemas que Boca-de-pistola apresenta, nomeadamente, o quebra-mar partido e materiais sólidos no fundo da baía.

Algumas intervenções têm sido feitas no local, com destaque para a dragagem da baía, mas os pescadores querem mais para que a sua segurança e das embarcações seja garantida.

HF/FP

Inforpress/Fim