Santo Antão: Municípios clamam por melhores dias a nível de iluminação pública

 

Porto Novo, 18 Mai (Inforpress) – A situação de iluminação pública em Santo Antão contínua a preocupar os municípios e as populações, em geral, não obstante as intervenções levadas a cabo no âmbito do projecto de unificação, modernização e extensão da rede eléctrica nesta ilha.

No Porto Novo, a edilidade tem mostrado a sua preocupação em relação à deficiente iluminação pública em várias localidades do interior do concelho, mas sobretudo nos arredores da cidade, uma questão já por várias vezes colocada à administração da Empresa de Electricidade e Água (Electra).

Durante uma recente deslocação de uma delegação da Electra a Santo Antão, o edil do Porto Novo, Aníbal Fonseca, levantou a preocupação relativamente ao “deficiente” estado da iluminação pública neste município, defendendo uma intervenção tanto nos bairros emergentes da cidade, como no interior do município.

Além da questão da iluminação pública, fala-se ainda da necessidade da extensão da rede eléctrica na cidade do Porto Novo, que, a nível urbanístico, tem estado a crescer a um ritmo considerável.

Em Ribeira Grande, a situação parece mais difícil, segundo o edil Orlando Delgado, que considerou insuficientes os investimentos realizados, até agora, pela Electra neste concelho, em matéria de iluminação pública.

Há várias comunidades que, há anos”, têm vindo a clamar por melhorias em termos de iluminação pública, alertou o edil ribeira-grandense, adiantado que há povoados que, há anos, estão às escuras, embora as pessoas sejam obrigadas a pagar, injustamente, as taxas de iluminação pública.

Para o autarca, “o que se está a exigir é que a Electra reponha as lâmpadas que deixaram de funcionar há muito tempo”.

No Paul, tem havido, igualmente, queixas da edilidade e dos próprios paulenses, que, de diversas formas (houve até uma passeata), já mostraram o seu descontentamento em relação aos problemas de iluminação pública em alguns povoados desse município.

Entretanto, a Electra garante estar a implementar um projecto que tem permitido o reforço da iluminação pública na ilha de Santo Antão.

As intervenções têm sido levadas a cabo no quadro do projecto de unificação, modernização e extensão da rede eléctrica de Santo Antão, que já está na sua segunda fase.

O projecto, segundo a Electra, prevê a fixação em todos os concelhos da ilha de mais de 700 pontos de iluminação pública.

JM/CP

Inforpress/Fim