Santo Antão: Líder da oposição diz que a situação agrícola é grave porque programa de mitigação falhou

Ribeira Grande, 30 Jun (Inforpress) – A presidente do PAICV (oposição), Janira Hopffer Almada, considerou hoje que a situação do sector da agricultura em Santo Antão “é grave” e que o programa de mitigação dos efeitos do mau ano agrícola “falhou”.

“É inequívoco que o programa de mitigação que está a ser propalado pelo governo não está a ter os efeitos esperados e que se impunham”, disse a líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), tendo em conta “a situação por que passa o mundo rural em Cabo Verde”.

Segundo a líder da oposição, “os agricultores não têm, ainda, respostas consistentes no que diz respeito à água nem aos sistemas para melhoria da produção agrícola”, apesar de o seu partido ter apresentado propostas concretas ao Governo, em sede parlamentar, nomeadamente, a baixa do preço da água e da retirada do IVA no preço da água para a agricultura e para o gado.

“Mas as nossas propostas foram recusadas” lamentou Janira Hopffer Almada, citando outras propostas apresentadas ao Governo, nomeadamente, o fornecimento de sementes aos agricultores na perspectiva da preparação da nova campanha agrícola, a mobilização de águas de escorrimento superficial e subterrâneas para disponibilização aos agricultores e criadores de gado.

A disponibilização de sistemas de rega gota-a-gota aos agricultores para montagem, com ajuda de extensionistas rurais, e a disponibilização gratuita de rações para o gado são outras propostas enumeradas por Janira Hopffer Almada em declarações à Inforpress no final da visita aos concelhos da Ribeira Grande e do Paul.

Janira Hopffer Almada disse ter sido informada pelos produtores de grogue que não tem havido fiscalização da produção, conforme estipula a lei de 2015 que começou a ter impactos positivos na garantia da qualidade, na valorização do produto e no aumento do preço, contribuindo assim para a melhoria da economia da ilha e do país, em geral.

“Não ocorre nenhuma fiscalização e isso já provocou o abaixamento do preço do grogue” disse a líder do PAICV, explicando que o produto tem vindo a sofrer uma desvalorização em consequência da qualidade que, sem fiscalização, não pode ser garantida.

“Viemos auscultar as populações para conhecermos em profundidade os desafios e os problemas que existem” disse Janira Hopffer Almada, explicando que isso tudo vai na sua agenda para, enquanto oposição, poder “apresentar propostas alternativas para a melhoria das condições de vida de todos”.

A delegação do PAICV, chefiada por Janira Hopffer Almada, integra os deputados Vera Almeida, Julião Varela e Manuel Inocêncio Sousa, e dedica o dia de amanhã ao concelho do Porto Novo.

HF/SIC

Inforpress/Fim