Santo Antão: Governo disponibiliza 241 mil contos para investimentos no concelho do Paul

Cidade das Pombas, Paul, 21 Jul (Inforpress) – O Governo vai disponibilizar uma verba de 241 mil contos para a realização de investimentos nos anos 2019 e 2020, no concelho do Paul, com destaque para a requalificação da orla marítima da cidade das Pombas.

“A orla marítima da cidade das Pombas precisa de intervenções, com alguma urgência, e nós disponibilizamos 120 mil contos para essas obras” disse o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, explicando que a ideia é fazer com que passe a ser uma zona segura mas que disponha, também, de espaços de entretenimento.

“Pretendemos começar a dar uma nova visão de segurança e de qualidade à orla marítima da cidade das Pombas” explicou Ulisses Correia e Silva, para depois anunciar mais 121 mil contos para o programa de reabilitação de bairros, localidades e acessibilidades e para a reabilitação de habitações e desencravamento de localidades.

Em declarações à Inforpress o primeiro-ministro disse que uma das intervenções previstas vai ser o desencravamento das localidades do vale de Figueiral do Paul que “há muito tempo” reclamam a construção de uma estrada de penetração nesse vale, como forma de facilitar a circulação das populações bem como o escoamento da produção local.

Ulisses Correia e Silva considerou, na ocasião, que em Santo Antão “apenas o investimento em infra-estruturas não é suficiente”, razão porque anunciou outras medidas também para o sector agrícola, designadamente, “numa política racional de gestão de água” com recurso às energias renováveis para reduzir os custos.

O chefe do Governo falava durante a cerimónia de inauguração da Estância Turística de Passagem, que classificou como “referência e de qualidade comparável a qualquer outra em Cabo Verde”.

Cerca de 20 mil contos, financiados pelo Governo no âmbito do Fundo do Turismo, foram investidos na Estância Turística de Passagem que passou a apresentar as condições desejadas para quem procura um espaço de relax e entretenimento em contacto directo com a natureza.

O presidente da Câmara Municipal do Paul, António Aleixo Martins, disse que, nesta primeira fase, foram feitas intervenções a nível da reabilitação do existente, nomeadamente, o restaurante, as casas-de-banho, os pavimentos, a piscina, a jardinagem, a introdução de iluminação e a construção da placa desportiva, ainda em construção, mas há segunda fase em carteira.

“Numa segunda fase queremos dar mais utilidade a esta estância turística com a construção de uma sala de conferências e espaços de tipo ‘bungalows’ para acolhimento de pessoas”, disse António Aleixo Martins, explicando que “isso vai depender da mobilização de outras parcerias, não só com o Governo mas também com a iniciativa privada”.

HF/AA

Inforpress/Fim