Santiago Norte: MpD diz que programa do Governo para mitigação da seca está a ser “bem implementado” na região

Assomada, 04 Jun (Inforpress) – A Comissão Política Concelhia do MPD em Santiago Norte disse hoje que o PEMSSAA está a ser “bem implementado” na região, em todas as três vertentes, ou seja, o salvamento de gado, emprego e mobilização de água.

A afirmação é do articulador das comissões políticas concelhias do Movimento para Democracia (MPD, no poder) em Santiago Norte, Amândio Furtado, que falava em conferência de imprensa para fazer o balanço do Programa de Emergência para Mitigação da Seca e Mau Ano Agrícola (PEMSSAA) e os ganhos com o MPD no governo central e local naquela região.

De acordo com Amândio Furtado que á também coordenador concelhio do MPD em Santa Catarina, o Governo elaborou pela primeira vez no país e em “tempo oportuno’ o PEMSSAA, que já foi implementado e continua a ser implementado em todo o país, tendo realçado que o foco do mesmo está nas pessoas afectadas pelo mau ano agrícola, “contrariamente ao que anda a propalar o PAICV”.

“Este programa é totalmente diferente do programa de emergência de 2014, visto que foi muito bem concebido, é transparente, possui várias vertentes e as pessoas afectadas, beneficiam de um trabalho de sensivelmente quatro horas por dia e não como vem comunicando o PAICV”, realçou, afirmando que as pessoas estão “satisfeitas” com a sua implementação.

“O MPD é consciente que este programa não resolve todos os problemas resultantes da desgovernação do PAICV, mas sim para mitigar os efeitos do mau ano agrícola deste ano”, lançou.

Relativamente ao pilar emprego, explicou que as frentes de trabalho vão continuar até a época das chuvas, admitindo, entretanto, que as mesmas estão “paralisadas” para que sejam concretizados os pagamentos que serão feitos no decurso desta semana de modo a permitir a reabertura das frentes “brevemente”.

Ainda a respeito deste pilar, acrescentou que o programa foi desenvolvido em todos os concelhos, envolvendo sem discriminação todas as famílias “com relação umbilical com a terra e que ficaram sem rendimento”.

Na vertente, salvamento do gado, o porta-voz disse que a ração já foi distribuída e que os criadores de gado que receberam os vales cheques já estão a adquirir o produto que considera ser de “boa qualidade”.

Segundo Amândio Furtado, as reclamações vindas a público que a ração é de “má qualidade” partiu de algumas pessoas ligadas ao PAICV com o fito apenas de “criar confusões”, razão por que, disse, “o MpD pede ao maior partido da oposição que abrace o PEMSMAA e que colabore com as pessoas afectadas, informando-lhes e sensibilizando-lhes sobre o mesmo, ao invés de criar situações para dramatizar casos de forma a descredibilizar o programa”.

Já no concernente à mobilização de água, Amândio Furtado informou que já foi lançado o concurso para que os furos que têm água sejam reparados e possam beneficiar os agricultores da região de Santiago Norte, uma zona com “grandes potencialidades agrícolas”.

“O MPD da região Santiago Norte encoraja todas as câmaras municipais da região e o governo que continuem com esta dinâmica de desenvolvimento dos municípios e do país de modo a que a felicidade chegue a todos”, concluiu.

FM/FP

Inforpress/Fim