Santiago Norte: Localidade de Burbur em São Salvador do Mundo já tem energia eléctrica

Achada Igreja, 29 Mar (Inforpress) – A localidade de Burbur, no concelho de São Salvador do Mundo (interior de Santiago), já tem a energia eléctrica, que vai permitir às populações ligação domiciliária 24 horas por dia e iluminação pública.

Ângelo Vaz, presidente da Câmara Municipal de São Salvador do Mundo, afirmou quarta-feira, após a inauguração do sistema, que a energia eléctrica nesta zona rural vai contribuir para o desenvolvimento, auto-estima e fixação de pessoas.

O projecto, financiado pela JICA (Agência de Cooperação Internacional do Japão) e Banco Africano para Desenvolvimento (BAD), enquadra-se na política do Governo de expandir, interligar e melhorar a rede de transporte em todo o país.

O executivo pretende, igualmente, elevar a taxa de penetração da energia eléctrica, bem como melhorar a eficiência e qualidade, para além de aumentar a taxa de acesso à electricidade na ordem dos 98 por cento (%).

Na localidade de Burbur foi construída uma rede de média tensão de aproximadamente 800 metros e edificado um posto de transformação de 50 KVA, bem como uma rede de baixa tensão de quase 1800 metros, vários candeeiros para eliminação pública, orçados em cerca de 11 mil contos.

Segundo o edil salvadorenho, a energia eléctrica vai permitir que a população, estudantes, jovens daquela zona rural tenham as mesmas oportunidades com os demais das outras localidades e concelhos do arquipélago.

Na sua opinião, com tal investimento as pessoas daquela comunidade a partir de agora não vão procurar outra zona para realizarem os seus projectos ou fixar residência a não ser ali mesmo.

Para ele, à semelhança de água, alimentação, saúde e educação, o acesso à energia é “fundamental” para que de facto as pessoas possam ter “qualidade de vida” e para que o país possa desenvolver-se.

Na zona de Burbur, mais de 70 por cento (%) das 18 famílias já beneficiam da ligação domiciliária de energia. Ângelo Vaz manifestou a intenção da edilidade em trabalhar para que as das zonas altas de Achada Igreja, Degredo e Rebelo possam também ser contempladas com aquilo que o autarca considera ser um “bem precioso”.

Na ocasião, Ângelo Vaz aproveitou e pediu aos moradores que “cuidem desse investimento, que honre com os seus compromissos pagando as suas facturas no final de cada mês e que façam o consumo da energia eléctrica com racionalidade”.

Relativamente à estrada e ligação domiciliária de água, prometeu trabalhar para que nos próximos tempos a localidade seja beneficiada, assim como outras zonas, onde obras de desencravamento já estão em curso, no âmbito do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA).

Por sua vez, o presidente do conselho de administração da Electra, Alcindo Mota, afirmou que este “grande investimento” feito naquela localidade vai permitir a retenção das pessoas na sua aldeia e facilitar aos jovens o acesso à internet e televisão ou permitir que os estudantes estudem à noite.

Tendo em conta que é um investimento de cerca de 11 mil contos, solicitou à população que conserve os equipamentos e faça um consumo eficiente da energia.

Já o representante da população, Ima Cunha, que manifestou a satisfação dos habitantes daquela localidade rural, vê a chegada da energia eléctrica a Burbur como “motivo de contentamento e de desenvolvimento”.

“Esperemos que as inaugurações na nossa comunidade não fiquem por aqui”, desabafou, referindo-se à estrada e à ligação domiciliária de água.

Na cerimónia, estiveram presentes vereadores, o administrador da Electra, deputado nacional e um representante do Ministério das Finanças.

FM/JMV

Inforpress/Fim