Santa Catarina do Fogo: Ministério da Educação garante transporte para alunos residentes em Chã das Caldeiras

 

São Filipe, 19 Set (Inforpress) – O Ministério da Educação, com apoio da Câmara Municipal de Santa Catarina do Fogo, vai garantir transporte para as 36 crianças em idade escolar e que residem no interior da Caldeira.

A informação foi avançada à Inforpress pelo o delegado do Ministério da Educação em Santa Catarina do Fogo, Osvaldo Rodrigues, que tem agendado para esta terça-feira uma deslocação a Chã das Caldeiras para contactos com condutor e pais e encarregados de educação.

Osvaldo Rodrigues informou que o transporte será assegurado nos dois períodos, sendo no de manhã para os alunos do primeiro ao quarto anos e no da tarde para os do quinto e sexto anos.

Segundo este responsável, no ano passado havia um total de 14 alunos de Chã a estudar em Achada Furna e Cabeça Fundão, número que este ano deverá rondar os 40, conforme avançou à Inforpress a moradora na Caldeira, Isabel de Pina, mãe e encarregada de educação.

Osvaldo Rodrigues indicou que se houver necessidade de mais do que um meio de transporte para que as crianças de Chã possam se deslocar, o mesmo será assegurado.

Observou que os alunos do quinto e sexto anos vão deslocar-se a Achada Furna e os do primeiro ao quarto anos à escola de Cabeça Fundão, podendo optar-se, também, por Achada Furna.

Isabel de Pina, uma das pessoas que no início de Setembro reivindicou salas de aula para que as crianças da Caldeira possam estudar na localidade e sem ter de se deslocar a Cabeça Fundão ou Achada Furna devido a distância e mau estado de estrada, contactada por telefone pela Inforpress, disse que estão a aguardar a decisão das autoridades e que mais tarde poderão pronunciar se os seus filhos vão para as escolas ou não.

O delegado do Ministério da Educação disse que a sua deslocação a Caldeira visa sensibilizar os pais e encarregados de educação no sentido de enviar os filhos para as escolas, já que o transporte vai ser garantido pelo próprio Ministério com apoio da edilidade de Santa Catarina.

Do resto, o ano lectivo no município de Santa Catarina do Fogo iniciou sem sobressaltos e, segundo Osvaldo Rodrigues, as nove vagas no ensino secundário vão ser preenchidas ainda esta semana.

JR/CP

Inforpress/Fim