Ribeira Grande: Troço de estrada de Poçon já está aberto à circulação automóvel

Ribeira Grande, 18 Jul (Inforpress) – O troço de estrada para ligar a cidade da Ribeira Grande à estrada de ligação ao Paul via Poçon já foi aberto à circulação automóvel e prevê-se que as obras fiquem concluídas ainda esta semana.

Trata-se de um projecto há muito desejado pela Câmara Municipal, que até já tinha elaborado o projecto há mais de 10 anos, tendo em conta a sua importância para a segurança dos residentes em Tarrafal, mas só agora foi possível mobilizar os recursos necessários, junto do Governo, para a sua implementação.

Na cerimónia de lançamento da primeira-pedra, em Novembro passado, o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Orlando Delgado, considerou que este projecto vai resolver três grandes problemas que a cidade enfrenta há muitos anos, nomeadamente a drenagem das águas pluviais que invadem o Tarrafal, a disponibilização da actual estrada para a construção do estádio de futebol e a melhoria da ligação com o Paul.

“Para nós a protecção do Tarrafal é a parte essencial deste projecto”, disse Orlando Delgado explicando que “por se situar abaixo do nível do mar, sempre que chove Tarrafal fica completamente alagado já que não tem capacidade de infiltração”.

Trata-se, por isso, de um projecto integrado que, além da construção do troço de estrada, contemplou a protecção da encosta sobranceira ao Tarrafal e a drenagem da água que daí cai para condutas que a deverão levar para a ribeira e para o mar, evitando que invada esse bairro da cidade da Ribeira Grande e ponha em causa a segurança daquela população.

Por outro lado, a construção desse troço de estrada irá libertar espaço para a construção de um estádio, com dimensões oficiais, que os clubes, atletas e as populações das localidades próximas da cidade da Ribeira Grande têm vindo a reclamar há muitos anos.

“Este projecto é uma luz no fundo do túnel para a construção de um estádio na cidade da Ribeira Grande” disse, na ocasião, o presidente do Rosariense Clube da Ribeira Grande, Orlando Jesus Delgado, explicando que sem essa obra seria impossível ter os terrenos necessários para a construção do campo com as dimensões oficiais, razão porque saúda a implementação desse projecto.

Por seu lado, também o presidente do Torreense Sport Clube, com sede na Ribeira da Torre, Carlos Bartolomeu Lima Gomes considerou, então, que é “positivo” porque se trata de “uma ambição de todos os desportistas” tendo em conta que a construção do estádio virá permitir a poupança dos recursos que agora são gastos nas deslocações à Ponta do Sol, sobretudo para os treinos.

O novo troço de estrada tem uma extensão de 360 metros, com uma faixa de rodagem de sete metros, passeios nos dois lados com um metro e meio cada, além de uma valeta de 70 centímetros para a drenagem das águas pluviais e estava orçada em pouco mais de 35 mil contos.

Os trabalhos, sob a responsabilidade da empresa local Spencer Construções & Imobiliária, tinham uma duração prevista de quatro meses, mas ultrapassaram o prazo já que deviam ficar concluídas em Abril mas vão ficar concluídas em Julho.

HF/CP

Inforpress/Fim