PSD acusa Jorge Santos de “usar dinheiro do erário público” para sua pré-campanha às eleições presidenciais

Cidade da Praia, 01 Set (Inforpress) – O Partido Social Democrata (PSD)   exigiu hoje  ao presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos, que “deixe de utilizar o dinheiro do erário público” para a sua pré-campanha às eleições presidenciais.

“A falta de decoro  na política atinge igualmente a Assembleia Nacional”, apontou o coordenador nacional do PSD, José Rui Além,   que acusa Jorge Santos de estar a fazer pré-campanha eleitoral  à “custa do dinheiro dos contribuintes”, o que, diz ele,   “está fora do âmbito do Regimento e da Constituição da República”.

José Rui Além  fez essas declarações durante uma conferência de imprensa na Cidade da Praia.

“Quando ele visita as obras e as localidades, ele está a fazer pré-campanha à custa do Estado”, esclareceu o responsável político do PSD, acrescentando que Jorge Santos “não faz essas deslocações com o dinheiro dos bolsos dele”.

Segundo ele, os sociais-democratas opõem-se “categoricamente a essa atitude do presidente da Assembleia Nacional”, que deveria “limitar-se apenas ao que diz o Regimento e a Constituição”.

LC/AA

Inforpress/Fim