Projectos culturais têm até 31 de Outubro para se candidatarem ao financiamento do Ministério da Cultura

Cidade da Praia, 29 Ago (Inforpress) – Os grupos e indivíduos que quiserem financiamento de projectos culturais e criativos para o ano 2019 devem submeter as suas candidaturas até o próximo dia 31 de Outubro, informou o ministro da Cultura, Abraão Vicente.

Em declarações à imprensa, terça-feira, à margem do acompanhamento “in loco” dos trabalhos de mergulho realizados na baía da Cidade Velha, para pesquisas subaquáticas ligadas ao projecto CONCHA, Abraão Vicente lembrou que o Ministério da Cultura lança anualmente um edital para apoio em que os grupos têm que entregar até 31 de Outubro do ano anterior os seus projectos para se candidatarem e para serem desenvolvidos.

“Os projectos financiados em 2018 foram já todos desembolsados e financiados, estamos no processo de acompanhamento e implementação dos projectos e dos financiamentos”, disse o titular da pasta da Cultura e das Indústrias Criativas, completando que o edital já está “lançado desde a última semana”.

Abraão Vicente informou ainda que até Janeiro vai-se anunciar os grupos e os projectos que serão financiados a partir 2019.

“O que é muito importante aqui deixar assente é que o Ministério da Cultura não pode reagir a projectos de pedidos de apoio em que o artista pede apoios para a próxima semana ou próximo mês. Nós trabalhamos com alguma previsibilidade”, avisou o ministro para quem os grupos que quiserem ver os seus projectos as serem financiados para o próximo ano devem entregá-los devidamente formulados.

O governante frisou ainda que o ministério que dirige “tem uma verba muito reduzida”, mas que, pela primeira vez, está-se a financiar e a implementar em Cabo Verde projectos em todos os sectores.

“Provavelmente, este é o primeiro ministério da Cultura em que não há um sector dentro das indústrias criativas e da parte patrimonial de investigação que não tenha sido abordado. Portanto, nós estamos, não totalmente satisfeitos, mas estamos empenhados para que em 2021 possamos fazer uma avaliação positiva do nosso mandato”, ajuntou.

Em relação ao montante a ser disponibilizado, Abraão Vicente avançou que, neste momento, está-se em processo de negociação do Orçamento de Estado.

“A parte técnica está a terminar o seu trabalho. Finais de Outubro, início de Novembro, vamos fazer a negociação política em Conselho de Ministros, mas, como ouviram as declarações do primeiro-ministro, em Mindelo, a perspectiva é de um aumento do orçamento do Ministério da Cultura, principalmente na parte de investimento”, finalizou.

GSF/CP

Inforpress/Fim