Projecto de artista plástica Misá prevê transformação de Cabo Verde no 6º continente de arte e cultura

Cidade da Praia, 15 Jun (Inforpress) – “Cabo Verde 6º continente de arte e cultura – a união do Mundo das aldeias criativas” é o nome de um projecto da embaixadora e artista plástica Misá, apresentado hoje na Praia da Praia.

O projecto tem como objectivo transformar Cabo Verde numa plataforma de arte, onde cada continente terá o seu espaço de expressão ligado a uma ilha que poderá concretizar as aldeias em referência em país correspondente ao artista.

Segundo Misá, o projecto terá a residência artística no concelho de Santa Cruz , e mais concretamente na localidade Porto Madeira, onde a edilidade já disponibilizou um total de três mil metros quadrados de terreno para a construção dessa residência.

“Trata-se de um eco no mundo porque não existe um espaço onde o mundo inteiro se encontra assim. Então vamos tornar num 6º continente, porque vamos tornar itinerante e realizar com os artistas convidados o que é emancipação na acção”, explicou.

“Já temos o espaço e esperamos agora pela construção e contamos que daqui a dois esteja concluído com cinco edifícios, representando cada um dos continentes”, disse a artista plástica, indicando que já há protocolos assinados com parceiros do Brasil, India e do Senegal.

Já a partir do próximo ano, o projecto vai realizar exposições mensais em que a cada mês é levado para a residência, em Porto Madeira e em Espinho Branco, um artista de uma ilha.

Segundo a artista Misá, esse projecto é a concretização de um sonho antigo, que passa pela realização de uma ponte cultural, e fruto de 23 anos de trabalho realizado em prol da arte e da cultura.

“Este é um projecto para conciliar o artista e a comunidade para o desenvolvimento, através da arte”, disse a Misá, que indicou que vai socorrer do seu conhecimento e dos prémios recebidos em diversos países para alavancar esse projecto.

O acto de apresentação do projecto contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, Carlos Silva, que adiantou que autarquia vai investir na localidade de Porto Madeira um total de 12 mil contos para a melhoria das condições de vida naquela comunidade.

“Na primeira fase, vamos apostar na construção de casas de banho para as pessoas, reabilitação das ruas, melhorias dos acessos, pinturas das casas. Está prevista a construção de um miradouro.

Vamos, na medida do possível e de acordo com os recursos que vamos mobilizando, requalificar o bairro, criar o conforto das pessoas e ambiento convidativo aos visitantes”, disse.

MJB/JMV

Inforpress/fim