sarıyer haberleri">

Presidente do PAICV eleita vice-presidente da Internacional Socialista

 

Praia, 16 Jul (Inforpress) – A presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), na oposição, foi eleita vice-presidente da Internacional Socialista, anunciou hoje o partido, que este fim de semana reúne o seu Conselho Nacional na cidade da Praia.

A eleição de Janira Hopffer Almada ocorreu na reunião do conselho da Internacional Socialista, que teve lugar nos dias 11 e 12 de Julho, na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque.

“Este é, inequivocamente, um ganho extraordinário para Cabo Verde, para o PAICV e para a líder, pois esta eleição representa a ascensão ao mais elevado a cargo alguma vez ocupado por um partido político em Cabo Verde, na arena internacional, e também o mais elevado cargo que o PAICV já conseguiu a nível mundial, no seu longo percurso na Internacional Socialista”, adianta o partido em comunicado.

Para o PAICV, a eleição de Janira Hopffer Almada como vice-presidente da Internacional Socialista a nível mundial significa “um grande reconhecimento” do país e do partido, para o qual “muito contribuíram o facto de ser das poucas mulheres a assumir a liderança de um partido histórico”.

A Internacional Socialista é uma organização de partidos sociais-democratas, socialistas e trabalhistas que existe, com o actual figurino, desde 1951 e integra 150 partidos, de mais de 100 países e de todos os continentes.

O PAICV foi admitido na Internacional Socialista no Congresso de Berlim, em 1992, sob a liderança de Pedro Pires e com o apoio dos partidos socialistas português e francês e do partido social-democrata da Alemanha (SPD).

O PAICV já assumiu a vice-presidência do Comité África da Internacional Socialista e organizou várias reuniões desse Comité em Cabo Verde. Integrou também o Comité de Ética da organização, que decide sobre as adesões e exclusões.

O anúncio surge no fim de semana em que o Conselho Nacional do Partido está reunido, na cidade da Praia, para analisar a situação política nacional e definir as linhas gerais para as reformas em curso, nomeadamente a reforma do parlamento, revisão da Constituição, revisão do Código Eleitoral ou regionalização.

No final do primeiro dia de reunião, no sábado, o porta-voz do Conselho Nacional manifestou a “profunda preocupação” do partido pelo aumento do desemprego e a insegurança no país.

A reunião do Conselho Nacional ocorre também numa altura em que as divergências internas voltam a fazer sentir-se, com demissões e troca de acusações entre militantes do partido, que em 2016 passou à oposição depois de 15 anos no poder.

O Conselho Nacional recomendou, por isso, um trabalho conjunto “para criar um ambiente de diálogo, que possa favorecer a pacificação e ultrapassar questões conjunturais e pessoais”, para que seja possível centrar-se “na organização do partido, no seu fortalecimento, coesão e unidade” e apresentar “uma oposição forte, credível e que esteja efectivamente ao serviço dos cabo-verdianos”.

Lusa/Fim

%d bloggers like this:
Modüler Bölme Duvar Açık ofis bölme sistemleri Ofis Bölme Sistemleri Jaluzili cam bölme Cam bölme duvar Jaluzili bölme duvar Çocuk odası Diş polikliniği dekorasyonu Ofis dekorasyonu Hastane dekorasyon Ev dekorasyonu Sivas prefabrik Mutfak dekorasyonu Ofis dekorasyonu İç mimari dekorasyon