Inicio Sociedade PR exorta jovens do Maio a serem mais activos e dinâmicos no...

PR exorta jovens do Maio a serem mais activos e dinâmicos no processo do desenvolvimento local

Porto Inglês, 11 Set (Inforpress) – O Presidente da República exortou os jovens da ilha do Maio a serem mais activos e dinâmicos e a apostarem cada vez mais na sua formação académica para melhor contribuírem no processo de desenvolvimento local.

Jorge Carlos Fonseca lançou este repto durante uma conversa aberta com os jovens maienses, realizada esta segunda-feira, na cidade do Porto Inglês, no âmbito das festividades do município do Maio que se celebra a 8 de Setembro.

Durante o encontro com os jovens, o Chefe do Estado respondeu às questões colocadas pelos jovens sobre o nível de relacionamento do PR com actual primeiro-ministro e abordou o papel do Presidente no sistema do Governo de Cabo Verde e as diversas questões que afligem os jovens nomeadamente, desemprego, álcool, droga, projecto “Menos álcool Mais vida”, entre outras.

Instado pelos jovens sobre o aspecto que considera como ponto mais alto dos seus 7 anos de mandato, Jorge Carlos Fonseca apontou o veto dos Estatutos dos Titulares dos Cargos Políticos como o mais mediático e que marcou a sua carreira.

No entender de Jorge Carlos Fonseca, o futuro do desenvolvimento da ilha do Maio dependerá muito do forte engajamento entre os jovens, a autarquia local e os investidores, apontando a necessidade de se dinamizar a economia local e criação de condições para atrair mais quadros para a ilha.

“A ilha do Maio é uma ilha com grandes potencialidades e não se desenvolve se não houver bons quadros, uma descriminação positiva, mais investimentos. O pode local tem que desempenhar o seu papel e criar seus projectos que impulsionam o desenvolvimento local”, disse, desafiando os jovens a criarem uma associação que trabalhe em articulação com a autarquia na procura de soluções para o progresso da ilha.

Apontou, por outro lado a igreja católica como uma instituição que desempenha um papel fundamental na transmissão de valores e bons costumes, na construção de uma sociedade melhor e de uma juventude mais saudável e responsável.

Questionado sobre que conselho gostaria de deixar aos jovens da ilha do Maio, Jorge Carlos Fonseca desafiou a todos os presentes a serem “ambiciosos e bom naquilo que queiram fazer futuramente, ter força de vontade criatividade” para puderem triunfar numa sociedade, que considerou ser “bastante competitiva”.

No final do encontro o Chefe do Estado ofereceu exemplares da Constituição da República aos jovens que participaram da conversa aberta.

CM/FP

Inforpress/Fim