PR espera “uma solução mais eficiente” para o Instituto Internacional da Língua Portuguesa

Cidade da Praia, 11 Jul (Inforpress) –  O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca disse hoje que espera venha a sair “uma solução mais eficiente” para o Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP) da XII Cimeira da CPLP, que se realiza nos dias 17 e 18 de Julho no Sal.

O chefe do Estado fez essas considerações durante um briefing com a imprensa esta quarta-feira, na qual abordou assuntos que vão ser tratados durante a cimeira na ilha do Sal.

Para Jorge Carlos Fonseca, é importante que se encontre esta solução para o ILP “que há muito sofre com a falta de recursos”.

“Nós pretendemos continuar a ter a sede do ILP em Cabo Verde, damos importância à língua portuguesa e também à nossa língua oficial, mas temos um orçamento de 30 mil contos e dívidas de 80 mil contos, e com esses problemas não se pode fazer aquilo que é exigível para uma instituição como o IILP”, disse o PR, defendendo uma mudança de postura de todos os países em relação ao IILP, nomeadamente assumindo os seus compromissos.

Instado se Cabo Verde vai para à cimeira com as dívidas já sanadas, Jorge Carlos Fonseca reiterou que o arquipélago deva cumprir os compromissos financeiros para com o instituto.

“Não tem sentido nós fazermos um discurso sobre a importância do ILP e da língua portuguesa e haver compromissos dos Estados que não são assumidos de facto”, alertou Jorge Carlos Fonseca realçando a necessidade de se pensar em novos modelos de financiamento do IILP.

A actual directora do IILP, Marisa Mendonça manterá em funções até Dezembro. Posteriormente a direção deveria ser entregue à Guiné-Bissau, mas, segundo Fonseca, até agora ninguém se disponibilizou em dirigir o instituto.

O Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP) é uma instituição da CPLP com sede na Cidade da Praia.

Os seus objectivos são, conforme os estatutos, “a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais”.

CD/FP

Infopress/Fim